Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar: Como resolver

Home » Telefonia Planos » Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar: Como resolver

vivo-tim-nextel-rede-3g-falha

vivo  tim - nextel rede 3g falhaPor que aqui no Brasil há tanto problema com 3G

TIM reduz sua base de aparelhos 3G

 

O Brasil terminou 2012 com 65,9 milhões de acessos banda larga móvel, sendo 19,2 milhões através de aparelhos 3G e 13,5 milhões de terminais de dados (50% de terminais banda larga e 50% M2M).
O crescimento de 60% em 2012 só não foi maior por que a TIM promoveu em dezembro uma revisão de sua base reduzindo sua quantidade de acessos via aparelhos 3G em 5,5 milhões.
As adições líquidas de acessos banda larga totalizaram 24,8 milhões em 2012, sendo 19,3 milhões de aparelhos 3G e 5,6 milhões de terminais de dados.
A Claro é a líder em market share de acessos banda larga móvel com 40,7% dos acessos, seguida pela Vivo (27,2%) e pela TIM (21,7%).
A Claro possui 21,7 milhões de acessos via aparelhos 3G, seguida pela Vivo 13,5 milhões e TIM 12,3 milhões.

A Vivo lidera em terminais de dados banda larga (modems) com 3,2 milhões de acessos, seguida pela Claro (2,0 milhões). Já em terminais M2M a liderança é da Claro (3,2 milhões), seguida pela Vivo e pela TIM com 1,2 milhões cada.

A Vivo fecha o ano de 2012 com a maior ampliação de sinal 3G da Bahia. O total de municípios do Estado com cobertura de terceira geração da Vivo cresceu de 146 para 263, o que corresponde a um incremento de 80%. Isso representa oferta de serviços de voz e transmissão de dados em alta velocidade seja no smartphone, tablet ou no modem do computador para 87,14% dos baianos.

O esforço da companhia em oferecer serviços também em cidades pequenas pode ser medido pelo fato de que a Bahia fechou 2012 com sinal 3G da Vivo em 90 municípios que têm menos de 20 mil habitantes. Além disso, 25 distritos e 14 escolas rurais passaram a contar com internet móvel.

A Vivo tem 4,4 milhões de linhas ativas na Bahia, sendo a empresa com maior número de acessos pós-pagos: mais de 580 mil. Na participação do mercado de terminais de dados, a empresa também é líder no estado, com 167 mil linhas, o que representa 45,34% do mercado.

A liderança da Vivo em cobertura se dá também nacionalmente: a companhia leva sua rede 3G a mais de 3.000 municípios do país.

3G Brasil: Oi supera TIM, mas expansão de rede desacelera em janeiro

A Oi chegou a 612 localidades com sua rede 3G superando a TIM que está presente em 593 municípios, no mês de janeiro, segundo dados divulgados pelo portal Teleco. A Claro atingiu 1119 localidades e a Vivo segue com a maior cobertura – 3100 municípios. O dado a ser apurado é a fraca movimentação das teles em janeiro. Apenas cinco municípios foram cobertos com a rede 3G em janeiro. No total, a infraestrutura está disponível em 3298 municípios.

A Oi – que ao longo de 2012 investiu pesado na sua cobertura – passou de 346 para 612 em pouco mais de 10 meses – agora está à frente da TIM, que segurou a expansão – principalmente no terceiro e quarto trimeste de 2012 – e manteve a sua presença em 593 localidades.

A Claro seguiu o seu ritmo do ano passado e alcançou, em janeiro, 1119 municípios cobertos, mas ainda fica bem distante da rival Vivo – que chegou a 3100 localidades. No total, há, hoje, rede 3G em 3298 municípios. O portal Teleco revela ainda que 2272 municípios seguem sem atendimento. E em 2085 localidades não há competição – o serviço está sendo ofertado por apenas uma operadora.

A concorrência efetiva – com a presença das quatro teles móveis – ocorre em 270 municípios, os de maior poder aquisitivo e que reúnem mais de 95 milhões de brasileiros. A cobertura 3G é de 100% apenas nos estados do Rio de Janeiro e no Espírito Santo. Na região Nordeste, o índice de cobertura é de 37,07% -apenas 409 municípios estão atendidos. Na região Norte, 186 localidades estão atendidas, com índice de cobertura de 41,06%.

Nas redes sem fio ocorre a mesma coisa, ou seja, um sinal interfere no outro e impossibilita o aumento de velocidade. Ocorre, no entanto, que a equipe de pesquisadores da Universidade Rice driblou a dificuldade com o auxílio de uma antena e alguns componentes extras. Essa façanha permite, em teoria, dobrar a velocidade de recebimento e envio de dados.

A antena adicional permite eliminar um dos sinais, de modo que cada dispositivo tem sua própria “voz” (o envio de dados) cancelada localmente. Assim, os aparelhos conseguem compreender perfeitamente os dados que estão sendo transmitidos.

Benefícios apenas para redes 3G e 4G
O estudo da Universidade Rice se assemelha muito a um sistema MIMO (presente em redes 802.11n, WiMax, LTE e HDSPA). Todavia, ao contrário do MIMO, a nova técnica em desenvolvimento não será aplicável a redes Wi-Fi comuns, mas sim às conexões 3G e 4G. Seria como se o novo sistema fosse um 4,5G, visto que alcançaria maiores velocidades, mas não estabeleceria um novo padrão de comunicação móvel.

(Fonte da imagem: Divulgação/Rice University)

O documento oficial relata a possibilidade de dobrar a velocidade das redes. Os primeiros testes, contudo, comprovam que a eficiência pode ser acima das expectativas. Em uma demonstração básica, o sistema conseguiu ampliar as capacidades (de transmissão de sinal) da rede em dez vezes.

Com uma rede baseada nesses avanços seria possível realizar uma chamada de vídeo no Skype e obter melhor qualidade de áudio (com fluidez perfeita de som) e imagem (nitidez e resolução invejáveis). As vantagens também seriam notáveis no upload de arquivos, de modo que um vídeo de alta definição poderia ser enviado para o YouTube em poucos minutos.

Sem trocar os equipamentos
Apesar de ainda estar em desenvolvimento e não haver previsão para disponibilidade, os responsáveis pelo novo sistema relatam que será possível instalá-lo nas diversas redes que apresentarem compatibilidade sem trocar qualquer equipamento.

Segundo documento oficial, o full-duplex desenvolvido pela Universidade Rice exige apenas a instalação de alguns componentes a mais. Tal aspecto torna a nova tecnologia interessante para as operadoras de telefonia e empresas de internet, visto que significa um investimento econômico e com alto nível de benefícios.

 

Discussão sobre planos de operadoras, Claro, Oi, GVT, NET, Tim, Vivo. Como tirar segunda via de conta, como pagar conta pela internet, desbloquear aparelhos,cobertura das empresas e preços de planos.

    MODEM PACE V5471 DESBLOQUEADO VIVO,OI,TIM,GVT

    Segue algumas funcionalidades do modem desbloqueado para operadoras vivo,oi,gvt e tim. MODEM PACE V5471 DESBLOQUEADO VIVO,OI,TIM,GVT Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar Como resolver

    BRASIL O PAÍS DO FUTURO ... OI, TIM, VIVO, CLARO, GVT ... MONOPÓLIO!

    Brasil o paÍs do futuro ... oi, tim, vivo, claro, gvt ... monopÓlio! péssimos serviços, preços altos, um autêntico roubo á nação brasileira feita por ... BRASIL O PAÍS DO FUTURO ... OI, TIM, VIVO, CLARO, GVT ... MONOPÓLIO! Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar Como resolver

    VIVO-GVT-TIM-NET-OI-CLARO VÃO LIMITAR OS PACOTES DE DADOS DE INTERNET

    Vivo, gvt ,oi, net, claro, anatel, ministério publico federal : contra o limite na franquia de dados na banda larga fixa (fonte avaz) contra o limite na ... VIVO-GVT-TIM-NET-OI-CLARO VÃO LIMITAR OS PACOTES DE DADOS DE INTERNET Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar Como resolver

    ANATEL AUTORIZA A COMPRA DA GVT PELA VIVO, QUE óTIMO...

    Psn games df - playstation 4, xbox one, games e acessórios: http://bit.ly/1qzjqvd (cupom com 5% de desconto, aproveitem!) inscreva-se no canal ... ANATEL AUTORIZA A COMPRA DA GVT PELA VIVO, QUE óTIMO... Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar Como resolver

    LIVE TIM: DEDO DO MEIO PARA NET, OI E GVT (SãO CRISTóVãO, RIO DE JANEIRO)

    Comentário novo (29 de março de 2014): hoje a gvt entrou em contato comigo depois que colocaram um armário aqui perto de casa e incadiram são ... LIVE TIM: DEDO DO MEIO PARA NET, OI E GVT (SãO CRISTóVãO, RIO DE JANEIRO) Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar Como resolver

    Tudo sobre Vivo, Tim, Oi, GVT fora do ar Como resolver, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

2 Comentários

  1. A Anatel aprovou nesta segunda-feira, 22/12, o pedido da Telefônica de anuência prévia para a compra da GVT. O negócio, anunciado em agosto, envolve um valor avaliado em R$ 22 bilhões, parte em dinheiro, R$ 13 bilhões, parte em ações da própria Telefônica e em ações da Telecom Italia. No contexto, a agência reguladora repetiu o CADE e deu 18 meses para a Telefônica se desfazer de todos os papéis que possua na empresa italiana controladora da TIM no Brasil.
    Foram duas análises distintas. Na primeira, o acerto entre as empresas que detém o grupo de controle da Telecom Italia. O efeito é que a Telefônica da Espanha, dona da Telefônica no Brasil, se tornou o maior acionista individual da Telecom Italia, com 14,67% do capital. No Brasil, a Telecom Italia controla a TIM.
    Para fazer negócio, a Telefônica aceitou pagar uns R$ 22 bilhões à Vivendi, francesa que controla a brasileira GVT. Parte em dinheiro, mas outra parcela em ações: 12% da Telefônica Brasil, sendo que parte delas podem virar 5,7% da Telecom Italia. No fim, a Telefônica ainda vai deter cerca de 9% da operadora italiana.

  2. A Oi TV é a âncora da estratégia de negócios de Multiprodutos da Oi. A companhia vem investindo fortemente no reposicionamento do seu serviço com a melhoria da qualidade, mudança nos sistemas de informação, na agilidade da instalação e na adequação do atendimento. Com um novo Headend (ambiente técnico para recebimento, processamento e distribuição de sinais de um sistema de TV por Assinatura), a Oi firmou uma parceria com a Rede Globo e disponibilizou a oferta do pacote de entrada mais completo e com o menor preço do mercado.

    “O bom resultado da Oi TV reflete a assertividade de sua estratégia de oferecer sempre um produto de alta qualidade com os pacotes com a melhor relação custo x benefício do mercado de TV por assinatura”, afirma Eduardo Aspesi, diretor de Segmentos da Oi. Com o investimento no satélite SES-6, a Oi TV mais que dobrou a sua capacidade satelital.

    Atualmente o serviço de TV por assinatura da Oi oferece o sinal de 43 emissoras da Rede Globo para mais de 35 milhões de domicílios de todas as regiões do país em HD, 30 a mais do que a concorrência na sua área de atuação por tecnologia Direct to The Home (DTH). Com isso, a Oi TV é a única a transmitir o sinal em HD aberto da TV Globo direto do satélite. Além disso, o serviço oferece também em HD os canais de maior audiência de filmes, esportes, séries, infantis, notícias e variedades, desde o pacote de entrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

net-ligacao

Telefonia Fixa: ligações interurbanas mais baratas, Anatel divulga lista de todas as cidades contempladas

Uma boa notícia para quem utiliza o serviço de ligação a distância, as ligações entre 587 municípios vizinhos deixarão de.