Visão democrítica sobre 15 de março

Home » Charges » Visão democrítica sobre 15 de março

oposicao

Dando espaço para o outro lado…

Quem quiser ir às ruas no dia 15, com nariz de palhaço e cartazes pró-impeachment, vai estar batendo o bumbo e vomitando seu ódio com o patrocínio de empresas e políticos que querem bombar o desgaste de um governo por razões nada republicanas.

    PEDRO DEMO FALA SOBRE EDUCAçãO PELA PESQUISA

    Pedro demo, phd em sociologia e professor da universidade de brasília (unb), defende a importância da prática da pesquisa científica na escola, desde os ... PEDRO DEMO FALA SOBRE EDUCAçãO PELA PESQUISA Visão democrítica sobre 15 de março

    Tudo sobre Visão democrítica sobre 15 de março, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

3 Comentários

  1. alziro caetano dos santos

    eu acho que as eleições fôi legitimamente roubada e urnas duteradas igual as caixas pretas do avião que matou o candidato a prezidente que ninguem explica nada. está tudo falso no bresil ……………….

  2. Vanderci Eduardo

    Estamos novamente sendo manipulados pela mídia. Os brasileiros mostram mais uma vez que continuam acreditando em Big Brother Brasil e Jornal Nacional. Se é para moralizar, que façamos uma campanha para não reelegermos ninguém nas próximas eleições, seja ela Municipal, Estadual ou Federal;

    Se não for desta forma, a corrupção permanecerá como sempre foi há décadas. E esta corrupção senhores, não é privilégio somente do PT, mas de todos os demais partidos. Vamos acordar de vez. Leiam:

    http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2014/11/1551226-ricardo-semler-nunca-se-roubou-tao-pouco.shtml

  3. Marcelo Silva

    Algumas das organizações mais ativas na mobilização das manifestações do dia 15 de março são um negócio patrocinado pela oposição partidária e empresarial, com os préstimos sempre valiosos do cartel midiático, que dá uma boa força para a sua divulgação.

    Tal e qual nos bons tempos do golpismo dos anos 1950 e 1960, trabalhar pela derrubada de um governo é, em parte, ideologia, mas tem seu lado ‘business’. Dá dinheiro.

    Os grupos que organizam os protestos e clamam pelo impeachment começam como rede social, mas crescem com apoio partidário e empresarial.

    Nenhum desses grupos deixa de pedir, publicamente, recursos para financiar seu ‘trabalho’ — seria melhor dizerem ‘seu negócio’. Até aí, nada de mais.

    Porém, o grosso das contribuições que algumas dessas pessoas recebem não são públicas e nem de pessoas que dão 5, 10, 100 reais. Hoje, a maior parte da grana que rola em prol do impeachment de Dilma tem outra origem.

    Empresários em pelo menos três estados (São Paulo, Pernambuco e Paraná) relatam ter recebido telefonemas pedindo dinheiro para a organização dos atos do dia 15. A fonte da informação são advogados consultados para saber da legalidade da doação e possíveis implicações jurídicas para as empresas.

    Em um dos casos, o pedido não foi feito diretamente por alguém ligado aos perfis de redes sociais que convocam o ato, mas por um deputado de oposição, com o seguinte argumento: “precisamos ajudar esse pessoal que está se mobilizando para tirar esses vagabundos do poder”.

    O curioso é que o deputado oposicionista faz parte do seleto grupo de parlamentares que teve o privilégio de contar, entre seus financiadores de campanha, com empresas citadas na Lava Jato. Portanto, pelo critério da Impeachment S.A., o deputado amigo é, de fato, um honorável vagabundo.

    É bom lembrar que quase a metade dos nomes da famigerada lista do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, estava ligada às campanhas de Aécio ou Marina Silva

    As empreiteiras pegas na Operação Lava Jato doaram quase meio bilhão de reais aos políticos e aos partidos com as maiores bancadas no Congresso, o que inclui os de oposição, como PSDB e DEM. Será que alguém vai se lembrar disso no dia 15?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

ccharge-gasolina-vergonha

Gasolina mais barata ainda esse ano, anuncia a Petrobras

Redução nos preços dos combustíveis. A Petrobras deve anunciar até o fim do ano uma redução no preço da gasolina,.