Troller T4 2017: preço, informações e ficha técnica

Home » Automoveis » Troller T4 2017: preço, informações e ficha técnica

Troller T4 2015

A Troller apresentou a nova geração do jipe T4. A marca brasileira, que pertence à Ford divulgou informações técnicas e de equipamentos.

Lançado em 1996, o Troller T4 feito em Horizonte (Ceará) surgiu como cópia-carbono do antigo Jeep Wrangler de 1986. Comprada pela Ford em 2007, somente com a segunda geração do T4 a Troller conseguiu se livrar da incômoda semelhança. “O original era muito parecido com o Jeep e agora tem mais personalidade”, elogia o criador João Marcos Ramos, chefe de design da Ford, criado do novo T4 e responsável também pelo desenho do EcoSport e novo Ka.

Realmente, o utilitário é a reencarnação do conceito TR-X apresentado no Salão de São Paulo de 2012. Não ficou nada daquele original dos anos 90 que surgiu com motor VW AP e peças de prateleira de outros fabricantes. Além do desenho, a Ford investiu mais na qualidade. “Ele perdeu esse ar rústico e caseiro para se tornar algo mais profissional. Esse conteúdo a mais vai aumentar o escopo de compradores”, aposta Ramos.

O modelo chega às lojas entre o fim de julho e o início de agosto, mas os preços ainda não foram divulgados.

Troller T4 2015-2

A certeza é que o modelo sofrerá um aumento de tabela entre 12 e 15%. O T4 atual é vendido por R$ 96.844. Assim, a nova geração deverá ser comercializada na faixa dos R$ 110 mil. O novo T4 será produzido na planta da Troller em Horizonte (CE).

O jipe será oferecido em versão única, equipada com motor a diesel de cinco cilindros de 3.2 litros e transmissão manual de seis marchas.

A potência é de 200 cavalos, e o torque, de 47,9 kgfm. O conjunto motor-câmbio é proveniente da picape Ranger.

A versão anterior também tinha um 3.2 diesel, mas de 4 cilindros e 165 cv, com 38,75 kgfm. Nos dois casos, a tração é 4×4, com um botão seletor, entre os modos tração em duas rodas, tração nas quatro rodas e nas quatro rodas reduzida. O modelo 2016 deverá trazer poucas mudanças.

De fibra….

Como antes, o Troller continua a ter carroceria em fibra de vidro, só que com uma tecnologia mais avançada que a laminação feita manualmente. Chamada de Sheet Molding Compoud (SMC), a técnica indica que a fibra é moldada por pressão em chapas. O material não exige tanto retrabalho e, junto com o novo processo de produção, vai ajudar a elevar a capacidade de cerca de 1.500 unidades por ano para 4 mil carros.

Embora o chassi seja próprio, a mecânica é o cinco cilindros turbodiesel 3.2 da picape Ranger, com o mesmo ajuste de 200 cv a 3 mil giros e 47,9 kgfm de torque entre 1.750 e 2.500 rotações. O anterior 3.2 de quatro cilindros rendia 165 cv e 38,8 kgfm de torque. O câmbio passou a ser de seis marchas contra o antigo de cinco. Dá para levar os 2.140 kg  do Troller com entusiasmo.

Espichado….

Embora pequeno, o primeiro T4 não é exatamente um jipinho. Ele tem 3,94 metros de comprimento e 2,41 m de entre-eixos. O novo bate nos 4,09 m e espichou um bocado no entre-eixos de 2,58 m. Já basta para levar quatro adultos, sendo que atrás há espaço suficiente para pernas e cabeça de adultos com 1,80 m, no que ajuda os ressaltos no teto. O que pega é o acesso, prejudicado pela altura e pequeno vão de entrada, tal como o porta-malas de risíveis 134 litros. Ao menos o interior está bem melhor cuidado e trouxe da Ranger requintes como ar-condicionado duas zonas e bancos de couro, além de agradar os jipeiros e suas traquitanas com a tomada 12V no console e também no painel. Deve apenas um ajuste de altura para o banco, disponível para a coluna de direção.

Troller T4 2015-3

Parece mais refinado mas como se sai na cidade e estradas? Andando no asfalto, a primeira coisa que se nota é o torque estúpido que chega com tudo logo acima dos 1.500 giros. Os engates do câmbio são mais curtos e precisos que na Ranger e o Troller avança com facilidade.

Aquele jeito brucutu foi mantido nas suspensões a eixo rígido, que ajudam na robustez do fora de estrada e exigem atenção nas curvas, até pela falta de controles de estabilidade e de tração.. A suspensão quica com força a qualquer imperfeição e submete os ocupantes a um molejo longitudinal e lateral. Essa ginga é explicada pelo deslocamento dos pesados eixos, que conectam as rodas e amplificam imperfeições que só agiriam sobre uma roda em um sistema independente. Ao menos a precisão direcional aumentou muito e o volante não exige as correções constantes do T4 antigo em retas.

Mesmo com entre-eixos maior, o novo T4 extrapola a capacidade offroad do original. Para você ter uma ideia, o modelo antigo tem 50º de entrada e 37º de saída. Segundo Autoesporte apurou, o novo chega a 54º de entrada e 40º de saída. A altura de rodagem foi mantida em bons 31 centímetros. Junto com a tração 4X4 com acionamento por botão e reduzida, nos encorajou a procurar um bom ringue de lama para o primeiro encontro com o Jeep Wrangler.

O resultado? Ambos atolaram em um lamaçal durante a sessão de fotos. Não tem jeito, os pneus 255/65 aro 17 são 70% onroad e apenas 30% off, ou seja, viram slick na lama. Pelo menos a Troller dispõe das opções todo-terreno e mud (lama) como opção homologada, sem perder a garantia com alterações. Também há um pacote vasto de acessórios, como a divisão Mopar faz com o Jeep.

Quando as primeiras fotos oficiais apareceram na internet, o Troller T4 foi elogiado pela imprensa norte-americana, que logo associou o modelo ao antigo Ford Bronco, utilitário parrudão feito de 1966 a 1996 que deixou órfãos por lá. Alguns sites pediram até o retorno do modelo, mas, ao contrário daqui, por lá os utilitários tem que trazer as bolsas infláveis de série, o que impediu a importação do Land Rover Defender os Estados Unidos. Pelo visto, isso pode impedir o sucesso dele em trilhas internacionais.

O visual do jipe é inspirado no conceito TR-X, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, em 2012. Em relação ao atual T4, é completamente novo, a começar pela plataforma.

O visual está mais parrudo, com novos conjunto ótico (faróis), grade e para-choques. Na traseira, as lanternas conservaram o formado, mas ganharam iluminação por LEDs.

Troller T4 2015-4

Entre os equipamentos de série, há direção hidráulica, ar-condicionado digital de duas zonas, rádio com CD-Player e conexão Bluetooth e USB, vidros e travas elétricos e teto solar panorâmico duplo (o vidro fica exposto, sem possibilidade de abertura e sem capa). Segundo a Troller, o porta-malas acomoda até 134 litros, com possibilidade de rebater os bancos traseiros em dois estágios.

Preço:

Estimado de R$ 110 mil.

Ficha Técnica: 

Motor: dianteiro, longitudinal, cinco cilindros em linha, turbo de geometria variável, 3.198 cm³, diesel;
Potência: 200 cv a 3.500 rpm ;
Torque: 48 kgfm de 1.700 a 2.500 rpm; 
Transmissão:manual de seis marchas, tração 4×2 (traseira), 4×4 e 4×4 reduzida; 
Direção: hidráulica;
Suspensão: eixos rígidos com molas helicoidais na dianteira e traseira;
Freios: discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS; Rodas: aro 17 com pneus 265/65 R17;
 Peso: 2.140 kg;
Porta-malas: 134 litros;
Tanque: 62 litros; 
Dimensões: comprimento 4.095 mm, largura 1.977 mm, altura 1.966 mm, entreeixos 2.585 mm;
Especificações fora-de-estrada: ângulo de entrada 51°, ângulo de saída 51°, altura livre do solo 20,8 cm;

Lançamentos de carros nacionais e importados, seguros, preços, avaliação, cores, teste e informações técnicas, qual o consumo do veículo, como fazer o financiamento, o que muda em 2017 e qual automóvel vai sair de linha.

    NOVO TROLLER T4 BOLD 2017 - DETAHES

    Consumo | preço | porta malas - http://www.canalautomotivos.com.br/2016/11/troller-t4-bold-2017-preco-consumo.html novo troller t4 bold 2017 - detahes ... NOVO TROLLER T4 BOLD 2017 - DETAHES Troller T4 2017 preço, informações e ficha técnica

    2017 FORD TROLLER T4 REDESIGN INTERIOR AND EXTERIOR

    2017 ford troller t4 redesign interior and exterior. 2017 FORD TROLLER T4 REDESIGN INTERIOR AND EXTERIOR Troller T4 2017 preço, informações e ficha técnica

    OCTANE - TROLLER T4

    2015. motor 3.2, 4 cilindros, 200 cv, turbo, diesel. 47,9 kgfm de torque. 134 litros de volume no porta mala, snorkel, subwoofer, parachoque de ferro. para mais ... OCTANE - TROLLER T4 Troller T4 2017 preço, informações e ficha técnica

    TESTE - TROLLER T4 - FALANDO DE CARRO

    Para mais informações sobre o carro acesse! http://www.falandodecarro.com siga o falando de carro nas rede sociais! facebook ... TESTE - TROLLER T4 - FALANDO DE CARRO Troller T4 2017 preço, informações e ficha técnica

    NOVO TROLLER T4 3.2L DIESEL 2016 OFF-ROAD

    Novo troller off-road t4 3.2l diesel salão internacional do automóvel de são paulo 2014. fomos até são paulo conferir as novidades para o mercado ... NOVO TROLLER T4 3.2L DIESEL 2016 OFF-ROAD Troller T4 2017 preço, informações e ficha técnica

    Tudo sobre Troller T4 2017 preço, informações e ficha técnica, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

12 Comentários

  1. claudio Manuel Espindola

    Tem consórcio dele e qual é o preço por mês

  2. Brincadeira!! De 97 mil um troller em 2016, estimado em 2017 para 110 mil, agora confirmado em 124 mil. Esse gananciosos não tem jeito neste pais. Somente deixando de comprar que eles reduziriam para um preço alto (comum aqui no Brasil), porque atualmente a 124 mil está um preço astronômico.

  3. Sou Deficiente físico e tenho o direito de dirigir um carro automático … seu desejo (BRUNO) de Dar aos outros o que sempre deve fazer com seu CCUU é só seu e dispenso esse compartilhamento. Respeite as opções, limitações e principalmente lembre-se que nem todos que pensam como você estão certos .. Tenho em casa vários carros e garanto .. MADAME é quem se incomoda e agride aos que não seguem suas próprias imposições.

  4. Já observei várias pessoas fazerem a mesma pergunta… há possibilidade de cambio automático?… A final o Troller está mais urbano e não precisa ser usado em trilhas, nem todos teem talento pra jipeiro! Eu gostaria de saber se há possibilidade de pelo menos fazer pedido a fábrica de um Jipe com cambio automático

    • meu vai toma no seu CUUUU quer um carro automático compra um que não seja um jeep!!!! vsf quer andar de madame em um TROLLER ????????? Meu tem cada um que não vale a merda que caga!!!!!

  5. Eu comprei um 2016 o carro é fantástico só acho que o tanque deveria ser maior!,os acessórios deveriam ser mais barato,no meu gastei quase 40.000so em acessórios

  6. Eduardo lins

    Qual o consumo médio cidade/estrada??

  7. Poderiam por além dos acessórios que podem por no carro, como disse o usuário anterior, podiam por a velocidade máxima do carro, que foi o motivo de eu estar fazendo a pesquisa.

    • Amigo fiz uma viagem rio de janeiro-porto seguro cheguei numa ultrapassagem a 160.00km.mas tem que segurar firme o carrinho e nervoso!!!

  8. Sérgio Luiz

    Gostaria que também mostrassem os acessórios que vem e os que poderiam incrementar mais o possante.

    • Francuar Rodrigues dos Santos

      E o meu sonho mas vcs sabe q pobre e sonhador mesmo,se noz n tem comdicoes de possuir pelomenos sonharmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Não deixe de ver isso

ahd

Comparativo: Honda Civic x Audi A3 Sedan 2017

Os poucos carros alemães estãu deixando de ser unanimidade, entenda. Não faz muito tempo, dono de carro de marca japonesa.