NovasdoDia » Mercado » Produção de televisores, celulares e computadores despencam com a crise

Produção de televisores, celulares e computadores despencam com a crise

Que o PT literalmente acabou com o Brasil, não é novidade pra ninguém, só os mortadelas não aceitam ou fingem-se de mortos, reflexo disso é a indústria, a produção de eletrônicos despencou 33,1% nos últimos 12 meses, segundo indica a mais recente pesquisa do IBGE, divulgada nesta segunda, 4/4.

Em fevereiro, o setor também foi uma dos principais contribuições para o recuo da indústria em geral (-2,5%), quando o segmento caiu 8,2%.

Segundo o IBGE, no caso dos eletrônicos a fabricação de televisores, celulares e computadores estiveram entre as principais influências negativas para o desempenho acumulado em todo esse período.

De acordo com o instituto, a redução de 5,3% no conjunto de bens de consumo duráveis em fevereiro “intensificando a perda de 3,3% registrada no mês anterior, [foi] influenciada principalmente pela menor produção de automóveis e de eletrodomésticos”.

Como ter uma carreira de sucesso

Nas contas da Abinee, os dados indicam que o setor eletroeletrônico apontou retração de 26,5% em fevereiro de 2016 na comparação com o mesmo mês de 2015. Como mostra a entidade, ao recuo de 33% da indústria eletrônica associou-se um decréscimo de 21% na atividade da indústria elétrica.

No acumulado de janeiro-fevereiro de 2015, a produção industrial do setor diminuiu 28,8% em relação ao igual período de 2015. Nesta mesma comparação, a produção caiu 36,6% e no caso da indústria elétrica e 22,4% na eletrônica.

De acordo com a entidade, no bimestre o desempenho do setor foi inferior ao da indústria geral (-11,7%) e ao da indústria de transformação (-11,3%).


Como anda o mercado imobiliário e a economia, tudo sobre a bolha imobiliária, ranking de empresas, gastos, publicidade, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *