O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão

Home » Notícias » O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão

extintor-comedia

Hoje é uma sexta-feira, 18 de setembro de 2015,  dia da Televisão, dos Símbolos Nacionais, criado o Escudo Real do Brasil Império, por D. Pedro I (1822), nasceram: A atriz sueca radicada nos EUA Greta Garbo (1905-1990), o músico americano Dee Dee Ramone (1951-2002).

Morre o músico americano Jimi Hendrix (1942-1970). Independência do Chile (1810), dia da Pátria em Andorra, primeira edição do The New York Times (1851), americanos criam a Agência Central de Inteligência, a CIA (1947), dia de São José de Copertino.

O Estado de S. Paulo

Manchete : STF veta doação de empresas para partidos e candidatos

Financiamento privado é considerado inconstitucional; ministros divergem sobre início da validade da decisão

O Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucional, por 8 votos a 3, o financiamento de empresas a partidos e a candidatos em campanhas eleitorais. A decisão foi comemorada no Planalto. A presidente Dilma Rousseff está prestes a vetar ou sancionar texto aprovado pelo Congresso que prevê a possibilidade de doação empresarial em campanhas até R$ 20 milhões.

A tendência é de que Dilma vete esse item. No julgamento, porém, os ministros não chegaram a consenso sobre quando a decisão passa a valer. Enquanto Gilmar Mendes defende a tese de que vale para todos os casos – o que inclui eleições passadas -, o presidente da Corte, Ricardo Lewandowski, afirmou que será “daqui para frente”. Para o relator da ação, Luiz Fux, uma nova lei que trate do tema “traz em si o gérmen da inconstitucionalidade”. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, disse que a decisão cria “limbo de dúvidas” para as eleições de 2016.

Eloísa Machado de Almeida

Foi um grande julgamento, mas pode ter sido inócuo. A minirreforma aprovada no Congresso mantém o financiamento. A presidente pode vetá-la com boas razões. Caso contrário, o debate terá sido em vão.
Governo quer legalizar bingo para elevar arrecadação

O governo estuda a possibilidade de legalizar jogos de azar como bingos, cassinos e jogo do bicho para aumentar a arrecadação e reduzir o déficit do orçamento de 2016. A presidente Dilma Rousseff consultou líderes de partidos da base aliada para saber se a iniciativa seria bem recebida na Câmara. A ideia havia sido sugerida à presidente por senadores em encontro no início da semana.

Lula sugere a Dilma que privilegie aliados na reforma

Na primeira conversa com a presidente Dilma Rousseff após a divulgação do pacote fiscal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu que ela faça uma ampla reforma ministerial e que aumente o espaço dos aliados no governo. Para Lula, é preciso garantir aqueles que são fiéis e diminuir os cargos dos traidores para sustentar a aprovação do ajuste e barrar iniciativas de impeachment.

Presidente cobra ‘estabilidade’

A presidente Dilma Rousseff aproveitou a cerimônia de posse do procurador-geral Rodrigo Janot para cobrar uma atuação favorável à “estabilidade das instituições democráticas” no País.

Wall Street vê situação ‘caótica’ em crise no Brasil

O Brasil foi destaque em seminário em Wall Street para discutir o impacto de alta dos juros nos EUA nos emergentes. A situação brasileira foi considerada “caótica”, com crise política “muito séria”. Ontem, o BC dos EUA decidiu manter a taxa de juros.

Alunos de 8 anos não sabem básico de matemática

Avaliação de alfabetização constatou que 57% dos alunos de 8 anos não conseguem resolver problemas simples de matemática. E 22% não leem de modo adequado. Para o ministro Renato Janine Ribeiro (Educação), isso “envergonha” o País.

Escândalo de ingressos faz Jérome Valcke sair da Fifa

Jérôme Valcke foi afastado do cargo de secretário-geral da Fifa depois que o Estado e outros nove jornais do mundo revelaram, ontem, que o francês fechou acordos para ficar com parte dos lucros da revenda de ingressos para a Copa de 2014, informa o correspondente Jamil Chade. O ágio de mais de 200% nos valores das entradas teria rendido pelo menos € 2 milhões (R$ 8,6 milhões) apenas para o dirigente.
Extintor deixa de ser obrigatório em carros
Eliane Cantanhêde

Lula lá, Dilma cá – O ex-presidente Lula disfarça, mas está vendo o barco, que também é dele, afundar. Ele fala, mas entra por um ouvido de Dilma e sai por outro.
Notas&Informações

Uma triste figura – O lulopetismo não para de chocar o País. Coube agora a Edinho Silva meter os pés pelas mãos

Dilma fica sem sócios – Está claro que são escassos no País aqueles que se dispõem a se associar a Dilma

O Globo

Manchete : STF proíbe doações de empresas para campanhas

Por 8 votos a 3, decisão já valerá para as próximas eleições

Financiamento de pessoas jurídicas foi considerado inconstitucional pelos ministros do tribunal; Cunha diz que Senado pode mudar decisão se conseguir aprovar PEC já votada pela Câmara

Em meio às investigações da Lava-Jato, que desvenda esquema de corrupção na Petrobras com uso de doações eleitorais para “lavar” propina, o Supremo Tribunal Federal decidiu, por oito votos a três, proibir contribuições financeiras de empresas a candidatos e partidos por julgá-las inconstitucionais. A decisão, que deve provocar enorme mudança nas campanhas, já valerá para as próximas eleições. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), disse acreditar, porém, que o Congresso ainda pode reverter a proibição caso o Senado aprove proposta de emenda constitucional, já votada pela Câmara, que permite o financiamento de empresas. “Mas as eleições de 2016 ficam num limbo de dúvida”, disse ele. (Págs. 3 e 4)
Dilma defende ‘veredito das urnas’

Pelo terceiro dia seguido, presidente volta a condenar movimentos que chama de tentativas de golpe

A presidente Dilma voltou a discursar ontem contra o que tem chamado de golpismo, numa referência indireta aos movimentos pró-impeachment. Na posse do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ela afirmou: “Queremos um país em que os políticos pleiteiem o poder por meio do voto e aceitem o veredito das urnas.” O presidente do PSDB, Aécio Neves, reagiu à afirmação anterior da petista de que é golpismo usar a crise para chegar ao poder. “Golpe é usar dinheiro do crime ou de irresponsabilidade fiscal para obter votos”, disse o tucano. Pedido de impeachment da presidente foi protocolado na Câmara por Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT. (Pág. 6)

Governo consulta base sobre legalizar jogo

O Planalto sondou deputados sobre a viabilidade de se aprovar a legalização do jogo como forma de aumentar a arrecadação. (Pág. 8)
Fazenda quer mudar Previdência

A equipe econômica planeja medidas como a fixação de idade mínima para a aposentadoria e a revisão de benefícios assistenciais. (Pág. 25)
Petrobras vai cortar 5 mil terceirizados

A Petrobras já começou a desligar 5 mil terceirizados, ou 30% dos que atuam na área administrativa. Após perder o grau de investimento, a estatal prepara forte ajuste, com corte em investimentos e venda de mais ativos. (Págs. 23 e 24)
Avaliação expõe ‘drama’ no ensino

Avaliação do MEC mostra que um em cada cinco alunos de 8 anos não entende o que lê. Para ministro da Educação, teste expõe “drama da má alfabetização”.

Desvio de ingressos tira Valcke da Fifa

Merval Pereira

Retomar o tema do financiamento está nas mãos do Senado

Zero Hora

Manchete : RS é o pior do Sul em alfabetização

Estado tem os índices mais baixos na comparação com Paraná e Santa Catarina em leitura, escrita e matemática na avaliação do MEC sobre alunos do 3º ano do Ensino Fundamental (Sua Vida | 28)
Supremo proíbe doação de empresas (Notícias | 10)
Exintor em carro agora é opcional

Decisão vale a partir de hoje para todos os modelos do equipamento, inclusive o ABC

Folha de S. Paulo

Manchete : Lula decide ir às ruas para defender pacote de Dilma

Para ex-presidente, novo erro pode causar queda da sucessora

O ex-presidente Lula esteve com sua sucessora, Dilma Rousseff, e se propôs a montar estratégia para evitar a abertura de processo de impeachment contra ela. Apesar de discordar de pontos do pacote fiscal, decidiu ir às ruas para defender a proposta de salvar a economia. Segundo o grupo de Lula, a crise atingiu tal ponto que qualquer novo erro do governo pode fazer a Câmara deflagrar a abertura de processo de deposição de Dilma, que ontem apelou a deputados para que não derrubem seus vetos a projetos que ampliam os gastos públicos. Se os vetos forem derrubados, afirmou a presidente a aliados, o Brasil não aguentará as consequências. O principal temor da petista é em relação ao veto ao projeto que concede aumento a servidores do Judiciário, cujo impacto de gasto extra é de R$ 25,7 bilhões até 2018. Paralelamente, os ministros Joaquim Levy (Fazenda) e Nelson Barbosa (Planejamento) disseram a congressistas não haver plano alternativo para o caso de o novo pacote fiscal ser rejeitado. “O governo tem o plano A” e está “empenhado” em aprová-lo, disse Barbosa. (Poder A4)
Supremo proíbe empresa de doar para candidato e partido político

O STF decidiu, por 8 votos a 3, que o financiamento de empresas para campanhas eleitorais e partidos é inconstitucional. Nas eleições de 2014, mais de 70% da verba obtida por candidatos e legendas veio de empresas. Dilma deve usar a proibição para vetar a lei aprovada pelo Congresso que permite doações a partidos. (Poder A10)

BERNARDO MELLO FRANCO

Interessados buscarão outros meios para obter vantagens e favorecimentos.

Ciclovia muda rota e família de secretário é beneficiada

A Prefeitura de São Paulo ignorou projeto que ela mesma contratou na gestão Kassab (PSD) para ciclovia em Santo Amaro (zona sul). A via, que era reta, foi instalada em outra rua, com quatro curvas e 400 metros a mais. O traçado antigo passava em frente a cinco imóveis de parentes do secretário de Transportes de Haddad (PT), Jilmar Tatto. Ele chefia a CET, responsável pelas ciclovias. A prefeitura diz que o desvio foi necessário e nega um favorecimento. (Cotidiano B1)
Série de denúncias leva Fifa a afastar Jérome Valcke de cargo na entidade
Vladimir Safatle

Cortar gastos com serviços públicos afetará ainda mais os desfavorecidos

Esta Folha, em editorial no domingo (13), conclamou o governo a adotar, diante da crise econômica, caminho baseado no corte corajoso de gastos. Pode-se alcançar certo equilíbrio fiscal dessa forma, mas a que preço? Se aceitasse rever seu padrão de gastos com serviços públicos, o Brasil caminharia para a precarização ainda maior das parcelas mais desfavorecidas de sua população.

Tecnologia

Sites já podem ter domínio ‘.rio’ em seus endereços de internet
Microsoft pode lançar assistente pessoal Cortana integrada aos carros
Por que o ‘MasterChef’ bateu recordes no Twitter?
TVs produzem conteúdo já pensando em como viralizá-lo
Festival youPIX muda de formato e se concentra em negócios e conteúdo
Criador precisa agir como ‘atirador de elite’ para ser relevante na internet
Após terremoto, Facebook cria serviço para ajudar moradores do Chile
A busca do Exército dos EUA pela cuequinha inteligente
Como o ‘não curtir’ pode tornar o Facebook mais ‘viciante’ e ‘lucrativo’
No Brasil, 13% das famílias se conectam à web pela rede do vizinho
Microsoft é acusada de discriminar mulheres em salários e promoções
Twitter é acusado nos EUA de alterar links em mensagens diretas
Donos de aparelhos Apple já podem baixar sistema operacional iOS 9
Contra reprodução de estereótipos, campanha pede proibição de robôs sexuais
Facebook terá botão ‘não curti’, anuncia Mark Zuckerberg
Usuário do Snapchat poderá comprar replays de ‘snaps’ por US$ 1
Acesso à internet via celular triplicou no Brasil nos últimos três anos
Samsung pode lançar aparelho com tela dobrável em 2016 / 2017
Twitter oferecerá serviço de doação para campanhas eleitorais dos EUA
Alemanha cria força-tarefa contra mensagens racistas no Facebook
Alunos brasileiros estão na lanterna em ranking de habilidades digitais, diz OCDE
Como escolher a senha perfeita
Blog de Tec: O vídeo vai enfim matar a fotografia?
Luli Radfahrer: Livros demandam respeito

O que acontece no Brasil e no mundo, notícias atualizadas e dinâmicas, atualização toda hora, manchetes dos maiores e melhores jornais brasileiros.

    NOTíCIAS DE HOJE - AUDIO QUE VAZOU DE WILLIAM BONNER SOBRE O DIVóRCIO

    Desabafo de william bonner via whatsapp, sobre seu divórcio com fátima bernardes. NOTíCIAS DE HOJE - AUDIO QUE VAZOU DE WILLIAM BONNER SOBRE O DIVóRCIO O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão

    FIM DO MUNDO EM 2019 ? ATENçãO NOTíCIA SE TORNA CADA VEZ MAIS FORTE...

    Esse vídeo não tem a intenção de provocar conflitos bíblicos ou políticos, é apenas um tal teoria que pode ou não ser concebida. inscreva-se e ajude nos . FIM DO MUNDO EM 2019 ? ATENçãO NOTíCIA SE TORNA CADA VEZ MAIS FORTE... O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão

    SANDRA ANNENBERG CHORA AO COMENTAR NOTíCIA DA MORTE DE BEATRIZ THIELMANN NO "JO ..

    Sandra annenberg chora ao comentar notícia da morte de beatriz thielmann no "jornal hoje" sandra annenberg não segurou a emoção e chorou ao vivo, ... SANDRA ANNENBERG CHORA AO COMENTAR NOTíCIA DA MORTE DE BEATRIZ THIELMANN NO "JO .. O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão

    🔴 URGENTE: ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE HOJE!🔴

    Urgente: Últimas notÍcias de hoje! 🔴 URGENTE: ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE HOJE!🔴 O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão

    GLOBO ESPORTE - HOMENAGENS & NOTíCIAS DA CHAPECOENSE (COMPLETO) 30/11/2016

    Globo esporte de hoje trouxe informações atualizada sobre a tragédia acontecida com o avião que levava o elenco da chapecoense. também trouxe ... GLOBO ESPORTE - HOMENAGENS & NOTíCIAS DA CHAPECOENSE (COMPLETO) 30/11/2016 O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão

    Tudo sobre O que é notícia hoje, sexta 18 de setembro 2015 – Dia da Televisão, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

googloe-adsense-verbas

Sites sensacionalistas e de notícias falsas na mira do Google e Facebook, verbas cortadas

O Google e o Facebook adotaram medidas para cortar a receita de publicidade de sites com informações falsas, após uma.