Ninja ZX-6R 636 x CBR 600 RR x GSX-R 750 – Comparativo

Home » Destaque » Ninja ZX-6R 636 x CBR 600 RR x GSX-R 750 – Comparativo

ZX-6R-636

A idéia da esportiva de 600cc com “algo” mais não é novidade. No começo dos anos 2000 já houve uma Ninja ZX-6R 636 que, sem abandonar a categoria, extraía do motor maior um desempenho superior à concorrência. Mesmo que ultrapassar as 599cc signifique não poder homologar o modelo para participar de campeonatos, a Kawasaki voltou a investir na idéia pensando nas vantagens para o comprador comum. Além de retomar a receita do motor 636, a ZX-6 2013-2014 é uma nova moto com recursos eletrônicos herdados da ZX-10R.

ZX-6R 636

Este post Testando Limites põe a 636 à prova contra a líder de vendas Honda CBR 600RR e a Suzuki GSX-R 750, que apesar da maior cilindrada está na mesma faixa de preço.

600RR

Exatamente como aconteceu com a Ninja 300, a Kawasaki preferiu aumentar o curso dos pistões para se diferenciar pelo torque nas acelerações e retomadas de velocidade (passou de 6,8 para 7,2 kgf.m) Já o novo diagrama do comando de válvulas, que as mantém abertas por mais tempo, ajudou a elevar a potência de 128 para 131 cv, que podem chegar a 137 cv com o sistema de indução de ar atuando em altas velocidades.

Os números são significativamente superiores aos da CBR, que produz 120 cv a 6,7 kgf.m; e estão no meio-termo em relação à GSX-R 750, com 150 cv e 8,8 kgf.m.

GSX-R 750

Como o foco da fabricante era oferecer uma 600cc que respondesse melhor nas acelerações, a relação da 1° marcha também foi encurtada, o que reforça a subida de giros. A mudança foi efetiva para um uso “normal”, mas tem efeito colateral quando se quer aproveitar o desempenho máximo do motor, como na prova de 0 a 100 km/h(aceleramos perto de 10.000 rpm e controlamos a saída soltando a embreagem progressivamente): a relação curta facilita as empinadas e dificulta a saída rápida, que eve o melhor tempo 4s18. A CBR fez o mesmo em 3s81 e a GSX-R em 3s96.

  • Pilotagem eletrônica:

Além do novo motor e o design inspirado pela ZX-10R, a 636 estreia um pacote de assistentes eletrônicos jamais reunido em uma 600cc. O controle de tração com três níveis de intensidade foi desenvolvido a partir dos sistemas da ZX-10R e ZX-14. Dois mapas de entrega de potência permitem rodar com potência plena ou “apenas” 80% para facilitar a pilotagem em pisos escorregadios. Para completar o pacote, o sistema de ABS (opcional) que, segundo a fabricante, é superior ao da ZX-10R e apresenta um funcionamento mais rápido e suave. Neste sentido as duas concorrentes oferecem menos: a CBR possui freios ABS e a Suzuki, três mapas de entrega de potência.

A eletrônica da nova ZX-6R se mostrou refinada. Na pista de testes o controle de tração funcionou de forma quase imperceptível, mantendo a moto estável ao eviatr o destracionamento da roda traseira em saídas de curva, sem comprometer os tempos de volta no autódromo. “O controle de tração é muito bom e não me fez perder rendimento como acostumar acontecer quando esse sistema atua em outras motos”, comenta o piloto de testes Leandro Mello. “O ABS também foi bem refinado e me deu mais confiança para frear dentro da curva”, completa.

A 636 completou o melhor tempo de volta em 1min11s82, praticamente empatada com a CBR 600RR (1min11s70), e seguida pela GSX-R 750 (1min13s84). Estavam a favor da Kawasaki os pneus Bridgestone S20, que oferecem grip superior aos da BT016 da mesma marca que equipam Honda e Suzuki. “Mesmo com potência e torque máximo inferiores, a CBR ainda se destaca pela leveza e agilidade do conjunto, que a tornam a mais rápida em mudanças de direção”, explica Mello. “É justamente nessa situação que a Suzuki perde tempo: é mais lenta para mudar de direção, apesar de ter mais motor. Para a Kawasaki fez falta o amortecedor de direção, que vinha de série na antiga ZX-6R e vem nas duas concorrentes. Nas acelerações em que a dianteira perde contato com o solo ou mesmo em ondulações ele evita que o guidão vire bruscamente, portanto essa perda foi uma regressão em termos de segurança

Também pensando no uso pelo motociclista comum, a ZX-6R 636 facilita o ajuste da suspensão dianteira com as regulagens na parte de cima.

A pré-carga da mola é ajustada à esquerda e compressão e retorno à direita; nas concorrentes os ajustes estão distribuídos na parte de cima e de baixo das bengalas.

Em termos gerais, a nova ZX-6R 636 evoluiu muito e os controles eletrônicos fizeram dela a esportiva de 600cc mais tecnológica já lançada.

Mesmo superada pelo motor e a eletrônica da Kawasaki, a CBR segue sendo a campeã em ciclística e agilidade nas curvas. Prova de quanto isso influi na pilotagem, especialmente em um autódromo “travado” por curvas de baixa velocidade como o que usamos, está no empate com a 636 e no tempo de volta mais lento da GSX-R 750. Em um circuito de maior velocidade, certamente o resultado mudaria em favor das motos com motores mais potentes.

O motor 636 prevaleceu com as retomadas de velocidade mais rápidas, inclusive na comparação com a Suzuki, que só foi melhor em duas de seis medições. Com o novo ABS, os freios da Ninja também foram imbatíveis. Após seis anos, a geração atual  da CBR ainda se mostra bem resolvida, mas perde para a 636 na conveniência de contar com assistentes eletrônicos e mais resposta ao comando do acelerador.

  • Kawasaki Ninja ZX-6R:

Gostamos:

– Desempenho do motor
 Assistência eletrônica

Não gostamos:

– Falta do amortecedor de direção

Concusão:

A 636 assumiu a dianteira na categoria: o motor entrega mais em baixos regimes e a eletrônica é refinada.

  • Honda CBR 600RR:

Gostamos:

– Agilidade
-Desempenho em altas rotações

Não gostamos:

– Desempenho em baixas rotações

Conclusão:

A maior agilidade nas mudanças de direção ainda é um trunfo da CBR contra as concorrentes.

  • Suzuki GSX-R 750:

Gostamos:

– Desempenho do motor
– Ciclística dócil

Não gostamos:

– Ausência de ABS opcional

Conclusão:

A cilindrada maior pelo mesmo preço é o maior apelo, principalmente para o uso rodoviário.

Artigos que se destacam em várias categorias do blog, os melhores posts.

    NINJA 636 X CBR 600RR X GSX R 750 SRAD - COMPARATIVO DUAS RODAS

    Teste da nova kawasaki ninja zx-6r 636 contra as concorrentes honda cbr 600rr e suzuki gsx-r 750 srad. imagens mario villaescusa edição michel ... NINJA 636 X CBR 600RR X GSX R 750 SRAD - COMPARATIVO DUAS RODAS Ninja ZX 6R 636 x CBR 600 RR x GSX R 750 – Comparativo

    2003 VS 2006 KAWASAKI ZX-6R 636 RACE BATTLE + BIKE SWAP

    Met up with jake and we did a bike swap with his 2006 zx6r 636 and my 2003 zx6r 636 and did some high speed riding and did some races to comapre ... 2003 VS 2006 KAWASAKI ZX-6R 636 RACE BATTLE + BIKE SWAP Ninja ZX 6R 636 x CBR 600 RR x GSX R 750 – Comparativo

    O APRESSADO | TESTANDO KAWASAKI NINJA ZX6R 636 @ 268 KM/H - TESTE

    Testamos a kawasaki ninja zx-6r 636 do rubens na br-324 sentido feira de santana - salvador. "motinha" show! pena que era início de feriado ... O APRESSADO | TESTANDO KAWASAKI NINJA ZX6R 636 @ 268 KM/H - TESTE Ninja ZX 6R 636 x CBR 600 RR x GSX R 750 – Comparativo

    ZX6R VS CBR600 DRAG RACE /XMOTOS

    Zx6r vs cbr600 drag race /xmotos, duelo de titanes hoy en xmotos, la hermosa kawasaki zx6r 636 vs honda cbr 600rr mostrando nuevamente su poderío ... ZX6R VS CBR600 DRAG RACE /XMOTOS Ninja ZX 6R 636 x CBR 600 RR x GSX R 750 – Comparativo

    HONDA CBR 600 RR VS KAWASAKI NINJA ZX-6R 636

    Faccia a faccia in pista, a san martino del lago, tra la honda cbr 600 rr e la kawasaki ninja zx-6r 636. a giudicarle ci sono anche due piloti d'eccezione, ... HONDA CBR 600 RR VS KAWASAKI NINJA ZX-6R 636 Ninja ZX 6R 636 x CBR 600 RR x GSX R 750 – Comparativo

    Tudo sobre Ninja ZX 6R 636 x CBR 600 RR x GSX R 750 – Comparativo, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Não deixe de ver isso

ARQUIVO 21/11/2016 JORNAL DO CARRO Harley Davidson Street Glide Special 2017 CREDTIO DIVULGAÇÃO

Harley-Davidson Street Glide Special 2017, preço e ficha técnica

A Harley-Davidson Street Glide Special, vendida na linha 2017 por R$ 86.400 – 6% a menos que na gama 2016..