Home » Tecnologia » Reviews e Avaliação » Multilaser M7s: um tablet básico e de baixo custo

Multilaser M7s: um tablet básico e de baixo custo

Com configurações básicas, de baixo custo e que foi criado estritamente para a navegação na internet e atualização de redes sociais esse é o tablet Multilaser M7s.

M7S

O dispositivo não tem refinamento de construção, mas aparentemente é bastante sólido. A parte frontal conta com bordas largas que aumentam sem necessidade aparente o tamanho do dispositivo, e acaba que o deixa com um visual de aparelho simples demais.  É impressionante como sua tela e principalmente a traseira ficam rapidamente engorduradas durante o manuseio. Contudo, devido às suas dimensões reduzidas a pegada do aparelho é boa .

A configuração do M7s comprova que o alvo da Multilaser com esse produto não é um público muito exigente. Ele conta com processador dual core A9 de 1,2 GHz, somente 512MB de memória RAM e armazenamento de 7GB (1GB interno e mais 6GB de uma memória flash embutida) — vale notar que há suporte a cartão microSD. Sua placa gráfica também já está desatualizada, sendo ela uma Mali 400. Ou seja, em games um pouco pesados, a experiência de uso pode ser frustrante.

O aparelho é suscetível a falhas de software. Isso se comprova pelo fato dele contar com um botão Reset que precisa ser pressionado com clips ou brincos, em caso de travamento. Apertar esse botão não apaga dados, apenas reinicia o dispositivo.

Todas as conexões (P2 e microUSB), botões físicos de power e volume e entrada para cartão micro SD estão localizadas na parte superior do tablet, o que faz com que você tenha que usá-lo na posição horizontal para ter acesso a esses recursos.

Jogos que funcionaram bem neste tablet foram Jetpack Joyrider e Ninja Fruit. Já Aspahalt 8 e Dead Trigger apresentaram constantes quedas de framerate, engasgos, fazendo com que a partida fosse prejudicada.

Nos benchmarks, no entanto, o aparelho se saiu quase tão bem quando o Samsung Galaxy Tab 3, que conta com um processador Marvell dual core de 1,2 GHz e 1GB de RAM.  Contudo, o Positivo mini, que também integra a categoria de tablets de 7 a 8 polegadas, se saiu bem melhor. Veja:

  • Benchmarks:

M7s:
AnTuTu – 10.088
Vellamo – 1.759
3D Mark – 2.024

Samsung Galaxy Tab 3:
AnTuTu – 11.672
Vellamo – 1.285
3D Mark – 2.231

Positivo mini:
AnTuTu – 19.836
Vellamo – 2.099
3D Mark – 3.904

O sistema é um Android Jelly Bean 4.2 que roda bem sobre o hardware de entrada. Houve pequenos atrasos somente quando uma instalação de aplicativo estava em andamento.

m7s-2

Não há muito o que falar sobre o software deste produto, uma vez que ele apresenta pouquíssimas modificações e não há aplicativos interessantes pré-instalados que mereçam destaque.

Entretanto, há um recurso que permite a divisão da tela em duas. O aplicativo reprodutor de vídeo possui um recurso de multitarefa, em que uma pequena janela fica aparente enquanto se executa outro app. É possível minimizar ou maximizar e escolher o lugar em que essa janela vai ficar. No geral, esse recurso funcionou bem, salvo raros travamentos.

Vale ressaltar que este aparelho não possui Bluetooth. mas, com o adaptador que acompanha o tablet, é possível conectar-se a algum modem 3G para acesso à internet.

Os formatos de mídias suportados são os seguintes:

Áudio: MP3, AMR, OGG, MIDI, WAV e FAC.
Vídeo: MP4, MKV, MPG, WMV, XviD, FLV e 3GP.

As imagens capturadas pela câmera VGA, localizada na parte frontal do aparelho, têm 1,3 MP de resolução, mas a qualidade é péssima. O indicado é usar esse recurso somente para chamadas em vídeo quando necessário.

À primeira vista, é possível enxergar as malhas resistivas do painel, ou seja, a precisão do display não é alto. Outros problemas são o baixo contraste de cor e, especialmente, os escassos ângulos de visão — basta inclinar poucos graus para que já se torne difícil visualizar o conteúdo exibido na tela.

A bateria é outro ponto negativo do M7s. Durante o teste de reprodução de vídeo com Wi-Fi ligado, o aparelho aguentou apenas 3h03. Isso representa exatas duas horas a menos do que o Galaxy Tab 3 e 1h34 a menos em relação ao Positivo mini.

  • Resumo:

No geral, o Multilaser M7s é um tablet voltado para um público pouco exigente que precisa (ou quer) um tablet por um preço muito baixo. No entanto, o mais indicado seria economizar um pouco e adquirir um produto de qualidade superior. O Galaxy Tab 3 de 7 polegadas, por exemplo, custa cerca de 500 reais em algumas lojas online e ele conta com construção, aparência, tela, câmera e recursos de software muito mais atraentes. Um público um pouco mais exigente pode também considerar a compra do Positivo mini, que, apesar da má fama da companhia entre os consumidores, é um produto de boa qualidade geral.

Vantagens

  • Preço bastante acessível
  • Design até bom, considerando a faixa de preços
  • Configuração capaz de fornecer uma experiência básica em games e vídeos

Desvantagens

  • Tela de baixíssima resolução
  • A autonomia de bateria, embora maior do que a do Multilaser 3G, ainda decepciona
  • Ausência de recursos importantes, como GPS
  • Câmera inutilizável para a maioria das situações e auto-falantes de baixa definição

Preço: R$ 278

Custo - benefício Embalagem e características Comodidade Facilidade de uso Multimídia Votação Geral, nota do usuário e avaliação média do gadegt.

    PRIMEIRAS IMPRESSõES DO TABLET MULTILASER M7S

    Criei este vídeo com o editor de vídeos do youtube (http://www.youtube.com/editor) - - ▽ ei! já segue @adrianopontetkd nas redes sociais? ▽ twitter ... PRIMEIRAS IMPRESSõES DO TABLET MULTILASER M7S Multilaser M7s um tablet básico e de baixo custo

    TABLET MULTILASER M7-S - ANáLISE DO PRODUTO - REVIEW EM PORTUGUêS - TABLET DE ..

    Quer ganhar dinheiro agora? cadastre no link abaixo! É grÁtis http://freebitco.in/?r=1361560 tutorial completo sobre como ganhar dinheiro ... TABLET MULTILASER M7-S - ANáLISE DO PRODUTO - REVIEW EM PORTUGUêS - TABLET DE .. Multilaser M7s um tablet básico e de baixo custo

    RESTAURAçãO DE FABRICA TABLET MULTILASER M7S

    Restauração de fabrica do aparelho multilaser m7s. passo a passo hard reset. RESTAURAçãO DE FABRICA TABLET MULTILASER M7S Multilaser M7s um tablet básico e de baixo custo

    TABLET MULTILASER M7S RODANDO JOGOS - TESTE DE DESEMPENHO NOS GAMES!

    Quer ganhar dinheiro agora? cadastre no link abaixo! É grÁtis http://freebitco.in/?r=1361560 tutorial completo sobre como ganhar dinheiro ... TABLET MULTILASER M7S RODANDO JOGOS - TESTE DE DESEMPENHO NOS GAMES! Multilaser M7s um tablet básico e de baixo custo

    COMO ABRIR TABLET MULTILASER M7S ( DISASSEMBLY TABLET MULTILASER M7S )

    Inscreva-se no canal para receber as atualização...em breve começarei a postar sobre softwares. COMO ABRIR TABLET MULTILASER M7S ( DISASSEMBLY TABLET MULTILASER M7S ) Multilaser M7s um tablet básico e de baixo custo

    Tudo sobre Multilaser M7s um tablet básico e de baixo custo, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Novidades Tecnologia 2016 / 2017

    ROG anuncia novo mouse 'ideal para MOBA'

    Confira as especificações Acessório possibilita o uso por destros e canhotos, ajustes de índices de velocidade, configurações de perfis de iluminação e mais.

    Alguém criou cadarços que se amarram sozinhos... usando blocos de LEGO

    Faça você também Um sujeito bastante habilidoso criou uma peça motorizada para ser conectada a um par de tênis.

    PewDiePie lança vídeo em resposta à polêmica sobre seu canal

    "Admito que a piada foi longe demais" Após perder acordo com YouTube e Disney, Felix admite que "brincadeira" com conteúdo ofensivo "foi longe demais".

    Activision demite funcionários do estúdio Infinity Ward, de Call of Duty

    Blizzard e MLG não foram afetados pelos cortes De acordo com relatos, a publisher dispensou cerca de vinte pessoas da produtora de COD: Infinite Warfare.

    PewDiePie perde acordo com Disney após vídeos com conteúdo ofensivo

    "Ele claramente foi longe demais neste caso" Rumores também indicam que a série do comediante com o YouTube Red foi cancelada.

    Shigeru Miyamoto tem ressalvas sobre realidade virtual

    "Quando vejo pessoas jogando em VR, fico preocupado" O homem por trás de Mario e Zelda expressa preocupação quanto a tecnologia que está cada vez mais em voga.

    Criador de Call of Duty fala sobre o futuro da realidade virtual

    A experiência que veio para ficar Durante a Campus Party Brasil 2017, Chance Glasco falou sobre o Rumii, novo software que promete revolucionar as experiências em VR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

Spotify: música de Alok é a primeira a tocar 100 milhões e Ed Sheeran é o músico mais ouvido

O DJ brasileiro Alok, em parceria com Bruno Martini e Zeeba, tornou-se o primeiro brasileiro a ter uma música com.