Home » Automoveis » Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017

Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017

Carros que noutrora foram clássicos, venderam bem e outros nem tanto, mereciam até nunca ter existido, veja lista de automóveis que deixaram a linha de produção em 2014 – 2015.

Chevrolet Agile

Com visual controverso e preço elevado para brigar com o irmão Onix, o Chevrolet Agile não conseguiu manter um número de vendas que justificasse seguir com a importação da Argentina, o que foi interrompido entre agosto e setembro. O hatch foi lançado aqui em 2009 e esteve entre os carros mais vendidos no País até 2011. No ano seguinte, as vendas caíram drasticamente com a chegada do Onix.

Chevrolet Sonic

sonicAssim como o Agile, o Chevrolet Sonic parou de ser importado em agosto, tanto na carroceria hatch quanto na sedã. Mas diferente do Agile, ele nunca caiu no gosto dos brasileiros, tendo a importação do México reduzida gradativamente ao longo do tempo para abrir espaço na cota de importação para o SUV Tracker. O Sonic foi lançado no País em 2012, inicialmente importado da Coreia do Sul. Ele passou a vir do México no final do mesmo ano.

Hyundai Sonata

O sedã Hyundai Sonata parou de ser importado da Coreia do Sul no início do ano, junto com o Veloster. A diferença é que o Veloster vai retornar ao País no próximo ano com a chegada de uma versão turbo. Vamos considerar o caso do Veloster como uma separação temporária. Voltando ao Sonata, o sedã médio foi lançado aqui em 2010 e fez sucesso no início graças ao visual moderno e elegante. Porém, o modelo acabou perdendo mercado nos últimos anos para os irmãos Elantra e, principalmente, para o Azera.

Citroën C4

O hatch C4, da Citroën, nunca fez sucesso por aqui, perdendo feio para os rivais Ford Focus e VW Golf. O painel central não ajudava nessa tarefa, nem o fato de ter chegado ao País em 2009 já defasado em relação à Europa (onde uma nova reestilização foi apresentada neste mês). Ele conquistava pelo visual, tanto interno quanto externo, mas com o tempo acabou defasado aqui também. Sua importação da Argentina foi suspensa em julho e a fabricante já descartou relançar o modelo reestilizado por aqui.

Peugeot Hoggar

Com a Fiat Strada nadando a braçadas na liderança do segmento de picapes compactas, coube àPeugeot Hoggar amargar sempre a última posição, atrás até da Ford Courier. Derivada do hatch 207, a picape foi lançada aqui em 2010, tendo a fabricação em Porto Real (RJ) encerrada em maio.

Peugeot 508

O sedã 508 também saiu do mercado à francesa. Segundo a fabricante, as importações da França pararam em dezembro de 2013 devido à reestilização sofrida pelo modelo na Europa. Por aqui, ele continuou no catálogo e na tabela de preços da marca até outubro, quando os estoques chegaram ao fim. O sedã médio foi lançado no Brasil em 2012 e a Peugeot afirma que estuda trazer o modelo reestilizado para o País.

Peugeot 207 Sedan

Ocupando bastante espaço nessa lista, a Peugeot tem mais um modelo que nos abandonou em 2014: o sedã 207 Sedan. Ele chegou aqui em 2007 com o nome 207 Passion, fabricado em Porto Real (RJ), passando a adotar o nome 207 Sedan recentemente. Suas vendas sempre foram tímidas, o que não justificava mais manter a produção do sedã compacto. Sua aposentadoria talvez abra espaço para a chegada ao mercado nacional do sedã 301, que adota a mesma plataforma do 208. Há grandes chances de isso acontecer após o lançamento do SUV 2008, atual foco da empresa no País.

Chery Cielo e S18

Em fevereiro, a Chery parou de importar da China o Cielo – hatch e sedã – e o S18. Segundo a empresa, o motivo foi a mudança de foco para a produção de modelos nacionais. O Cielo chegou ao Brasil em 2010, mas acabou em segundo plano após o lançamento em 2013 da família Celer, também composta por um hatch e um sedã. Já o S18 desembarcou aqui em 2012 e em dois meses ganhou má reputação ao ser divulgada uma falha no pedal de freio – ela entortava. Com isso, foi difícil para o compacto conquistar seu espaço no mercado.

Volkswagen Kombi

Com a produção encerrada em dezembro de 2013, a VW Kombi deixou de ser vendida no Brasil logo no início de 2014. O motivo é que seu projeto antigo não permitia a adequação do carro à nova lei brasileira que exigia que todos os carros saíssem da linha de produção equipados com airbags frontais e freios ABS a partir de 1º de janeiro. E até hoje a Velha Senhora ainda não ganhou um substituto à altura.

Fiat Mille

Do mesmo mal padeceu o Fiat Mille, que também vai deixar saudade nos brasileiros. Sem condições de adotar os airbags e o ABS, o carrinho de linhas quadradas (apelidado de “botinha ortopédica”) parou de ser produzido em dezembro de 2013. Fabricado em Betim (MG), o modelo chegou ao Brasil em 1990, então chamado de Uno Mille. Ele quase foi aposentado em 1996 com a chegada do Palio, mas suas boas vendas o garantiram em linha por mais alguns anos. A vaga de carro de entrada da marca hoje é ocupada pelo Palio Fire.

Volkswagen Gol G4

Mais um modelo de entrada que se foi em 2014. O VW Gol G4 deixou de ser produzido a partir de 1º de janeiro, quando entrou em vigor a lei de obrigatoriedade dos airbags frontais e dos freios ABS. Sua aposentadoria, porém, não teve a mesma repercussão da Kombi, ficando esquecida. O Gol foi lançado no Brasil em 1980, sendo o G4 a quarta geração do modelo, apresentada em 2005. Com ele, saiu de linha também seu motor montado na posição longitudinal.

Ford Fiesta RoCam

Fabricado em Camaçari (BA), o Ford Fiesta RoCam parou de ser produzido em julho nas versões hatch e sedã. Sua linha de montagem deu lugar à produção da nova geração do Ka. O Fiesta foi lançado no Brasil em 1995, primeiro importado da Espanha. Um ano depois, ele passou a ser feito na unidade de São Bernardo do Campo (SP), mudando para Camaçari em 2002 quando foi lançada sua última – e até há pouco atual – geração. O Fiesta foi reposicionado para o posto de carro de entrada da marca em 2013, com a chegada no New Fiesta.

Lançamentos de carros nacionais e importados, seguros, preços, avaliação, cores, teste e informações técnicas, qual o consumo do veículo, como fazer o financiamento, o que muda em 2017 e qual automóvel vai sair de linha.

    CARROS QUE NOS ABANDONARAM OU QUE SAIRãO DE LINHA EM 2017

    Fonte: http://quatrorodas.abril.com.br/noticias/os-carros-que-nao-veremos-mais-em-2017/ CARROS QUE NOS ABANDONARAM OU QUE SAIRãO DE LINHA EM 2017 Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017

    TWENTY ONE PILOTS: HEATHENS (FROM SUICIDE SQUAD: THE ALBUM) [OFFICIAL VIDEO]

    Twenty one pilots' music video for 'heathens' from suicide squad: the album available now on atlantic records. get it on itunes: http://smarturl.it/suicidesquad ... TWENTY ONE PILOTS: HEATHENS (FROM SUICIDE SQUAD: THE ALBUM) [OFFICIAL VIDEO] Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017

    HYPERNORMALISATION 2016

    Hypernormalisation is a 2016 bbc documentary by british filmmaker adam curtis. the film was released on 16 october 2016 the power of nightmares ... HYPERNORMALISATION 2016 Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017

    TOYOTA COROLLA GLI 2017 ISENçãO - DESCONTO PARA DEFICIENTES

    Por favor leia a descriÇÃo, talvez sua dÚvida esteja aqui ou nos prÓprios comentÁrios do vÍdeo. ▻ toyota corolla gli tecido 1.8 ... TOYOTA COROLLA GLI 2017 ISENçãO - DESCONTO PARA DEFICIENTES Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017

    GHOSTMATES

    Think being a ghost is tough? try living with one. “ghostmates” a smosh film things are looking up for socially-awkward and unemployed charlie ... GHOSTMATES Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017

    Tudo sobre Lista trás carros que saíram de linha em 2016 / 2017 e 2017, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

2 Comentários

  1. Tudo mentira, este todos tem até 2016 para ser fabricado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

Chery tiggo 2 2018 chega ainda esse ano por R$ 55 mil

Com lançamento agendado para o primeiro semestre de 2017, será o terceiro modelo a ser produzido na fábrica da marca.