Linha Kawasaki 2017 Off-road: KX 250F e KLX 140G são apresentadas

Home » Kawasaki » Linha Kawasaki 2017 Off-road: KX 250F e KLX 140G são apresentadas

img99719-1471012975-v580x435

A Kawasaki apresentou a linha off-road 2017. De uma vez só a Kawasaki Brasil apresentou seis motocicletas off-road em versões 2017, três KX, a 100, a 250 e a 450 para a prática do motocross e três KLX, a 110 a 140 e a 450 para enduro, trilhas e rali. Como já era esperado, a maior novidade da linha cross é a KX 250F, que agora está igualzinha, visualmente, a sua irmã maior de 450 cm. Difícil decifrar qual é uma e qual é outra.

O leigo precisa olhar o adesivo na aleta, mas um especialista apaixonado, vai olhar mais clinicamente e perceber o pneu mais estreito (110/90-19) na traseira ou o volume menor do bloco do motor, pois no restante elas são idênticas. Agora a KX 250F ganhou também o botão de controle de largada, como já vinha na KX 450F desde 2013. Esse botão, quando acionado, ameniza a potência nas primeiras marchas, evitando assim que a roda patine nas largadas – em resumo, a moto caminha, em vez de ficar patinando.

Porém, as maiores mudanças a gente só percebe na prática, pois o foco foi melhorar a ciclística, e ela está 1,7 kg mais leve em ordem de marcha, após ter sofrido um grande regime no quadro e nas suspensões. Pasme, uma Kawasaki KX 250F pesa míseros 104,5 Kg. E as melhorias internas no motor também são inúmeras.

kx250left2015

Com pistões mais leves, cabeçote retrabalhando, peças móveis com novos tratamentos e dois bicos injetores, a nova 250 ficou também mais potente que a versão 2016. O lugar escolhido para nossa avaliação foi a famosa pista Kalango Cego, no interior de São Paulo. Lá, pudemos sentir como a nova KX 250F está mais leve que a versão 2016 e principalmente mais fácil de contornar curvas de baixa velocidade.

A nova suspensão dianteira, além de garantir total suavidade nas recepções de grandes saltos, facilitou a vida do piloto para transpor caneletas e ao mesmo tempo manter a trajetória, mesmo quando abrimos totalmente o acelerador. Em resumo, é uma moto extremamente leve, compacta e intuitiva. A KX 450F não mudou muito, afinal de contas sua reforma geral foi para a versão 2016.

A versão 2017 apenas recebeu melhorias em alguns detalhes, como no banco mais reforçado estruturalmente, no mapa de injeção, na posição dos bicos que calibram a suspensão dianteira e também ganhou um novo link do amortecedor traseiro. Depois de alguma voltas na pista, percebemos que ela está com uma resposta de acelerador ainda mais imediata. Já a KX 100 está completamente reformulada em relação ás primeiras unidades que vieram ao Brasil em 2012.

Ela mantém o apimentado motor monocilíndrico 2T e com válvula de palheta de torque, mas, através de um pistão e de um virabrequim mais leves, ganhou potência em toda faixa de rotação e também recebeu suspensões poderosas com infinitas possibilidades de ajustes. É um pequeno míssil, formador de pilotos. O som do escape é inconfundível e os pilotos presentes no lançamento, se divertiam e se impressionaram com tamanha potência do brinquedo.

A linha KLX, que era composta pela pequena 110 de câmbio semiautomático e a consagrada 450, agora conta com mais uma irmã. A KLX 140G é uma grata surpresa. Uma pedra no sapato da Yamaha e da Honda. A nova verdinha de enduro tem motor monocilíndrico de 144 cm, refrigerado a ar e alimentado por um carburador Keihin PB20 de guilhotina, é leve, bonita, completa e eficiente.

KLX140G
KLX140G

Voltada para quem quer se iniciar na prática off-road, ela é mais baixa que as concorrentes diretas, traz suspensões com multiplicas regulagens, freio a disco na dianteira e na traseira e a mesma filosofia de chassi perimetral que tanto enalteceu as irmãs maiores. Pesa 99 Kg e conta com rodas de 21 polegadas na dianteira e 18 polegadas na dianteira e 18 polegadas na traseira. Com partida elétrica sem necessidade de chave, ela esbanja simplicidade e eficiência.

Considerada a marca das mais belas motos em produção, é mundialmente conhecida por suas motocicletas off-road e pelos ATVs, embora produza também o Jet skiMR, caças de combate aéreo, aviões utilitários e helicópteros, além de navios, plantas industriais, tratores, trens, robôs (para uso industrial) e equipamento aeroespacial.

    LANçAMENTO LINHA OFF-ROAD 2017 KAWASAKI - MOTO.COM.BR

    Ontem, dia 11 de agosto de 2016, foi o lançamento oficial da linha off-road 2017 da kawasaki e estivemos presentes acompanhando e trazendo para ... LANçAMENTO LINHA OFF-ROAD 2017 KAWASAKI - MOTO.COM.BR Linha Kawasaki 2017 Off road KX 250F e KLX 140G são apresentadas

    LANçAMENTO DA LINHA OFF-ROAD 2017 DA KAWASAKI

    Modelos da linha off-road kawasaki chegam oferecendo muita diversão para os amantes do fora de estrada. leia a matéria em: ... LANçAMENTO DA LINHA OFF-ROAD 2017 DA KAWASAKI Linha Kawasaki 2017 Off road KX 250F e KLX 140G são apresentadas

    KAWASAKI 2017 - LINHA 0FF-ROAD

    A kawasaki brasil apresentou no início de agosto sua nova linha de motocicletas off-road, incluindo a novíssima kx 250f e a klx 140g. confira neste vídeo ... KAWASAKI 2017 - LINHA 0FF-ROAD Linha Kawasaki 2017 Off road KX 250F e KLX 140G são apresentadas

    2017 KLX 140G OFF-ROAD - KAWASAKI

    2017 klx 140g off-road - kawasaki. 2017 KLX 140G OFF-ROAD - KAWASAKI Linha Kawasaki 2017 Off road KX 250F e KLX 140G são apresentadas

    2017 KAWASAKI Z125 PRO OFFROAD AND TRAIL RIDING

    Just me messing around at a local school, plus a creepy spider falls down my shirt! 2017 KAWASAKI Z125 PRO OFFROAD AND TRAIL RIDING Linha Kawasaki 2017 Off road KX 250F e KLX 140G são apresentadas

    Tudo sobre Linha Kawasaki 2017 Off road KX 250F e KLX 140G são apresentadas, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

z900

Kawasaki Z900: vídeo oficial do lançamento da moto que tira a Z800 de linha

A Kawasaki Z900 esbanja no design e, segundo a marca, vem equipada com protuberante motorização quatro cilindros de 948 cm³.