Indian Springfield, o mito voltou

Home » Motos » Indian Springfield, o mito voltou

sprin2

Situada na categoria bagger, chega para complementar a linha ao lado das clássicas Chief Vintage e da Chieftain.

Visualmente ela é idêntica a Chief Vintage, a sua principal diferença é que para-brisa, assento do passageiro e malas laterais são removíveis com sistema de engate rápido, transformando a Springfield em uma custom convencional, ou nada mais que uma Chief Classic.

Apesar disso, o chassi da Springfield é diferente do da Vintage. O entre-eixos de 1,70 metros é 29 cm menor e a altura do solo de 14,2 cm é 0,2 cm maior. Ela é mais estreita e curta que a Vintage: são 99 cm e 2,58 m contra 1 m e 2,63 m da Vintage. A capacidade de carregar peso da Springfield também é melhor: são 630 kg contra 573 kg.

De série ela tem banco de couro, plataforma de apoio para os pés também para os passageiros, freios ABS, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, controle eletrônico de velocidade e faróis auxiliares.

A parte mecânica é a mesma dos outros modelos, um motor V2 de 1.811 cm³ que gera 16,4 mkgf e o câmbio é o já conhecido de seis marchas. O peso em ordem de marcha é de 388 kg equipada com todos os acessórios que podem ser removidos.

Indian Springfield tem chassi mais resistente que a Chief Vintage e para-brisa, malas rígidas laterais e assento do passageiro removíveis facilmente. O motor é o V2 de 1.811 cm³ que equipa a linha Chief, e o câmbio, de seis marchas.

Preço: Ainda não divulgado.

Notícias de motocicletas nacionais e importadas, Honda, Yamaha, Suzuki, Kawasaki, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

Riding Assist da Honda: marca mostra moto que se autoequilibra, que não cai e que segue o dono

O que esperar do futuro para o mundo das duas rodas é difícil de adivinhar, pois ao ritmo a que.