Fórum Econômico Mundial: Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão

Home » Atualidades » Fórum Econômico Mundial: Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão

corrupcao

O Brasil ficou no lucro, é a quarta nação mais corrupta do mundo, segundo o índice de corrupção do Fórum Econômico Mundial. O país está atrás apenas do Chade, da Bolívia e da Venezuela, que lidera o ranking. A corrupção é um dos elementos que a organização suíça inclui em seu índice anual de competitividade, baseado em uma pesquisa com 15.000 líderes empresariais de 141 economias do mundo.

As três perguntas feitas a esses executivos foram: “O quanto é comum o desvio de fundos públicos para empresas ou grupos?”; “Como qualifica a ética dos políticos?”; e “O quanto é comum o suborno por parte das empresas?”. Em uma escala de um a sete, em que, quanto maior a nota, maior é a transparência, o Brasil recebeu 2,1, segundo análise publicada pela Business Insider. Em um estudo divulgado pela Transparência Internacional, no início do ano, o país ficou em 76º colocado em uma lista sobre a percepção de corrupção do mundo entre 168 países.

Entre as 10 nações mais corruptas do ranking do Fórum Econômico Mundial, cinco são latino-americanas: Venezuela, à frente, com nota 1,7; Bolívia, com 2; Brasil e Paraguai, ambos com 2,1; e República Dominicana, com 2,2.

Ninguém espere um país melhor nos próximos 50 anos, teremos netos e nem eles verão um país livre de corrupção e safadeza, é nossa cultura levar tudo no jeitinho, infelizmente.

Aqui você fica por dentro o que acontece no Brasil e no mundo, celebridades, famoso que morreu ou faleceu na data de hoje, política, quem é o corrupto e ladrão do momento, crise econômica, qual partido que mais rouba, o próximo a ir pra cadeia, dinheiro sujo, charges e curiosidades.

    PRESIDENTE DO FóRUM ECONôMICO MUNDIAL FALA SOBRE PARTICIPAçãO DE DILMA EM DA ..

    O fundador e presidente executivo do fórum econômico mundial, klaus schwab, disse nesta quarta-feira (22) que 2.500 líderes políticos, de negócios, ... PRESIDENTE DO FóRUM ECONôMICO MUNDIAL FALA SOBRE PARTICIPAçãO DE DILMA EM DA .. Fórum Econômico Mundial Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão

    FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL DE DAVOS - ANALISADO PELO SAPOIA

    As ameaÇas levantadas em davos são basicamente para os paÍses ricos (europa e estados unidos) e para os países pobres em commodities. segundo ... FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL DE DAVOS - ANALISADO PELO SAPOIA Fórum Econômico Mundial Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão

    COMEçA NA SUíçA MAIS UMA REUNIãO DO FORUM ECONôMICO MUNDIAL

    Flávio aguiar, de berlim, comenta o encontro sob o impacto da notícia de que 62 bilionários acumulam uma riqueza equivalente à metade do dinheiro da ... COMEçA NA SUíçA MAIS UMA REUNIãO DO FORUM ECONôMICO MUNDIAL Fórum Econômico Mundial Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão

    FóRUM ECONôMICO MUNDIAL - DAVOS

    Ministro antônio de aguiar patriota faz apresentação sobre o brasil durante o fórum econômico mundial, em davos, na suíça. sessão "brazil outlook" FóRUM ECONôMICO MUNDIAL - DAVOS Fórum Econômico Mundial Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão

    COMEçA FóRUM ECONôMICO MUNDIAL DE DAVOS - REPóRTER BRASIL (MANHã)

    A lenta recuperação econômica dos países da zona do euro e o limite de endividamento do governo norte-americano são alguns dos temas que serão ... COMEçA FóRUM ECONôMICO MUNDIAL DE DAVOS - REPóRTER BRASIL (MANHã) Fórum Econômico Mundial Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão

    Tudo sobre Fórum Econômico Mundial Brasil é o 4º país mais corrupto do mundo, veja quem é o campeão, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Não deixe de ver isso

renan-chutado

Renan Calheiros é chutado da Presidência do Senado

É para glorificar de pé! O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu nesta segunda-feira, 5, ao pedido da.