NovasdoDia » Mídias » ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN

ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN

Incompetência ou rumo do mercado. O projeto da Rádio ESPN no Brasil chegou esta semana ao fim após oito anos de existência. Parceria com as rádios Eldorado; Estadão; Capital e muito tempo pela internet marcam a história da rádio. O projeto termina por falta de viabilidade econômica, segundo João Palomino, de acordo com divulgação do portal UOL. O curioso da notícia, é que o Blog do Menon (UOL Esporte) havia antecipado a notícia em uma semana e diretores do grupo ESPN deram uma resposta evasiva.

Na leitura, entendi que o projeto poderia continuar, ledo engano. Cabe lembrar também que a Rádio ESPN não é uma marca exclusiva do Brasil. Nos Estados Unidos existe uma rede, na Argentina, em Mar del Plata, há uma estação em frequência modulada. Para saciar a curiosidade, via portal, radios.com.br é possível ter acesso a diversas rádios do grupo. Menos a do Brasil, que já não está mais entre nós.


O projeto da Rádio ESPN chega ao fim mas não é um ato isolado ou fruto de uma administração confusa. É uma marca de momento. A expansão em mídias alternativas; a proliferação de conteúdos digitais; o acesso maior a televisão por assinatura são marcas de um mercado em transformação, também. Junto ao mercado está uma nova postura do emissor com a espectador. Vivemos em épocas de interação e de novas possibilidades. Não somos espectadores passivos, mas consumidores de mídia.

As rádios que tem apostados em tratar o espectador como consumidor conseguem relativo sucesso, as que permanecerem no mais do mesmo falecem. Este não é o caso da Rádio ESPN, mas é caso de observar o nicho de mercado ao longo de seus vinte anos de história e o espaço que ela tentou abrir espaço num campo diferenciado, mesmo fato que acontecera com a Revista ESPN. Produtos de ótima qualidade, mas aparentemente distanciados de seu nicho de mercado.

Informações via Eportemidia

    A VERDADE SOBRE O REBAIXAMENTO DO FLUMINENSE

    Dia 11/12/2013, os jornalistas pvc e mauro cesar no programa bate bola da espn, tomam coragem de discutir um tema que a muito vem sido disvirtuado por ... A VERDADE SOBRE O REBAIXAMENTO DO FLUMINENSE ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN

    MARCELINHO RELEMBRA DO ENTROSAMENTO COM ROMáRIO FORA DAS CONCENTRAçõES

    Marcelinho relembra os tempos de concentração com romário na espanha! confira! MARCELINHO RELEMBRA DO ENTROSAMENTO COM ROMáRIO FORA DAS CONCENTRAçõES ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN

    LIONEL MESSI ● 10 VIRTUALLY IMPOSSIBLE GOALS ► NOT EVEN POSSIBLE ON PLAYSTA ..

    Messi 10 impossible goals in career | messi goals that did not seem to be possible || inexplicable , supernatural , inhuman , superhuman , extraterrestrial ... LIONEL MESSI ● 10 VIRTUALLY IMPOSSIBLE GOALS ► NOT EVEN POSSIBLE ON PLAYSTA .. ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN

    FLAVIO GOMES MOSTRA O VOLKSWAGEN PASSAT LSE "IRAQUE"

    O carro que não foi a guerra por excesso de contingente. conheça o passat encomendado por saddan hussein. fabricado pela volkswagen nos anos 80, ... FLAVIO GOMES MOSTRA O VOLKSWAGEN PASSAT LSE "IRAQUE" ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN

    DANILO GENTILI: “NãO VEJO A HORA DE FAZER PIADA COM O TEMER”

    O comediante e apresentador do 'the noite', do sbt, fala sobre o humor da crise política, denuncia o petismo enrustido de certos colegas de profissão e opina ... DANILO GENTILI: “NãO VEJO A HORA DE FAZER PIADA COM O TEMER” ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN

    Tudo sobre ESPN Brasil não escapa da crise e fecha Rádio ESPN, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

Fim da rádio FM: Noruega será o primeiro país a encerrar transmissões por frequência modulada

O mundo se transformando muito rápido, quem diria que rádios FM um dia teria um fim, pois bem a Noruega será.