Engate para carro: vantagens, desvantagens do reboque

Home » Automoveis » Engate para carro: vantagens, desvantagens do reboque

eng

Veja em poucas linhas as vantagens e desvantagens de utilizar os famosos engates em seu veículo.  O engate deixou de ser um equipamento para puxar reboques, carretinhas e trailer, entre outros, para ter uma figuração decorativa ou de proteção. Muita gente instalou o engate achando se tratar de uma defesa para a traseira do veículo em caso de colisões ou pequenas encostadas.

Pontos positivos:

  • Usado corretamente, ele amplia a capacidade de carga.
  • Alguns o utilizam para evitar que o carro de trás, ao estacionar, encoste no para-choque, danificando sua pintura.

Pontos negativos:

  • Quando o engate não é homologado pela fábrica (e a quase totalidade dos vendidos hoje não é), ele pode provocar grandes danos. Uma batida típica de trânsito urbano na traseira, por exemplo, pode piorar o impacto  no para-choque e até afetar o monobloco e a suspensão.
  • Como altera a estrutura do carro e potencializa os efeitos de uma colisão, o engate pode colocar em risco os ocupantes do banco traseiro.

Conclusão:

Se seu carro não estiver preparado para o engate, se no engate não foi projetado para ser usado no seu veículo ou mesmo se você não pretende rebocar nada, não instale.

en

Lançamentos de carros nacionais e importados, seguros, preços, avaliação, cores, teste e informações técnicas, qual o consumo do veículo, como fazer o financiamento, o que muda em 2017 e qual automóvel vai sair de linha.

    VRUM 02/06/13 REPORTAGEM SOBRE ENGATES

    Pra quê serve o engate, hein? muita gente nem pensa nessa resposta. instala no carro sem necessidade alguma e pior: com a desculpa de achar que está ... VRUM 02/06/13 REPORTAGEM SOBRE ENGATES Engate para carro vantagens, desvantagens do reboque

    ENGATE HB20 E HB20S

    Auto330 acessórios ligue e confira (11) 3331 3321 , maiores informações envie um e mail para loja@auto330.com.br instalação simples e rápida , em menos ... ENGATE HB20 E HB20S Engate para carro vantagens, desvantagens do reboque

    APOIO DE BRAçO FIAT UNO MILLE

    Apoio de braÇo fiat uno mille vantagens e benefícios os apoios de braço fiat uno mille artefactum, proporcionam aos motoristas uma excelente ... APOIO DE BRAçO FIAT UNO MILLE Engate para carro vantagens, desvantagens do reboque

    DR CARRO DICA TROCA óLEO DE CâMBIO AUTOMáTICO

    Dica troca substituição óleo de câmbio automático facebook http://www.facebook.com/doutorcarro twitter http://www.twitter.com/doutorcarro nosso site ... DR CARRO DICA TROCA óLEO DE CâMBIO AUTOMáTICO Engate para carro vantagens, desvantagens do reboque

    KIA CERATO MOSTRA A POTêNCIA DAS SEIS MARCHAS.

    Novo kia cerato 2011 um carro com design bem avançado e com interior bem arrojado e confortável, o novo kia cerato 2011 se coloca como um carro ... KIA CERATO MOSTRA A POTêNCIA DAS SEIS MARCHAS. Engate para carro vantagens, desvantagens do reboque

    Tudo sobre Engate para carro vantagens, desvantagens do reboque, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

3 Comentários

  1. Tenho um corsa ret 1.0 e fui informada que não posso usar reboque pois posso pegar uma multa isso procede?
    Por favor me ajudem!

  2. Antonio Aguilar Zakovicz

    A área útil de contato do engate considerando a curvatura superior do porta malas é de aproximadamente 3 a 6 cm. Além de não proteger quando você estaciona, pois no contato há a deformação da área de contato e se esbarra do mesmo jeito além de considerar o ângulo do esbarrão, enfim teria de ter um para-choque curvo a distância do veículo para evitar isso. Ainda tem mais no caso dos engates que não são homologados, nem os instalados em concessionária, pois eles colocam até película mais escura que não é aceita na legislação em concessionária enfim. Tem uma possível multa. No caso de uma ré mal dada vai custar muito, mas muito mais caro para quem tem o engate. Primeiro, se for uma coluna de concreto vai deformar o chassis (pouco mas deforma e com isso vem custos extras para tentar corrigir instabilidades do veículo em velocidades maiores que 100 km/h). Eu não compro carro com engate de jeito nenhum. Colisões traseiras pois o impacto é aumentado EXPONENCIALMENTE com o engate colocando em sério risco de vida quem anda atrás do veículo. Pensa no seguinte para-choque de metal é coisa do passado onde haviam muitas mortes por conta disso. Foram anos de evolução para que os veículos tivesse um para-choque de plástico para impedir que colisões traseiras causassem milhares de mortes e invalidez… ENTÃO AÍ VEM O BRASILEIRO E COLOCA UM ENGATE LÁ PARA REALIZAR O EFEITO DE UM PARA-CHOQUE DE METAL… Nossa é deprimente, mas cada um é cada um, mas que dá vergonha dá… rsrs

  3. Marcelo Pedro Sousa

    O que diz a lei

    Para colocar ordem no uso do engate, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) criou uma legislação para regularizar o dispositivo. As normas editadas pelo Contran, por meio da Resolução 197, publicada em 31 de julho de 2006, e depois melhorada com a Resolução 234 de 11 de maio de 2007, foram definidas as regras. De acordo com a nova resolução, só pode ter engate os automóveis com até 3.500 kg, além disso é preciso que a capacidade de reboque tenha sido declarada pelo fabricante ou pelo importador.

    Quem tem engate instalado no veículo, deve se atentar para quatro itens fundamentais:

    1) Os equipamentos devem ter esfera maciça apropriada para o tracionamento de reboque e não podem ter formatos diferentes, como acontecia antes, com formas de peça de xadrez, cavalo, etc.

    2) A tomada e instalação elétrica para a conexão do veículo rebocado deve estar operante, é preciso um dispositivo para fixação da corrente de segurança do reboque, além de ausência de superfícies cortantes e nada dispositivos de iluminação. Para quem realmente reboca carretinha, trailer ou barcos, tudo isso não é nenhuma novidade.

    3) Já os fabricantes da peça devem estar registrados no Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), o que comprova que o produto atende as especificações. Dentre as exigências, os engates devem ser fabricados com uma plaqueta inviolável contendo as seguintes informações: nome empresarial do fabricante com o respectivo CNPJ e identificação do registro concedido pelo Inmetro, além do modelo e capacidade máxima de tração do veículo ao qual se destina e também referência a Resolução 197 do Contran.

    4) Os fabricantes e importadores de veículos devem informar ao Denatran os modelos dos veículos que possuem capacidade para tracionar reboque, além de incluir no manual do proprietário os pontos de fixação do engate e a capacidade máxima de tração do veículo.

    Para saber os veículos autorizados, veja a lista divulgada pelo Denatran (clique aqui).

    Perigo de multa

    Com relação aos modelos que não podem usar o engate, não há questionamento e a proibição já é clara, uma vez que o próprio fabricante do carro não recomenda o uso.

    É bom ficar atento, pois o proprietário que estiver com o engate em desacordo com as normas estará cometendo infração grave e pode levar uma multa no valor de R$ 127,69, receber cinco pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e além disso ter o carro apreendido até a regularização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

img_6273.jpg

Fusion Hybrid x Jeep Compass Diesel 2017: combinam economia e requinte

  A segunda geração do Compass, lançado recentemente, chega para concorrer diretamente com o Hyundai ix35. Sua versão a diesel, no.