Dilma entra de cabeça e apoia o movimento

Home » Atualidades » Dilma entra de cabeça e apoia o movimento

elvis1

elvis1

A Presidente Dilam vive um péssimo momento, pedido de impeachment e o caso Pasadena vira e mexe está na mídia com novos fatos, confira alguns.

Dilma teria recebido contrato de Pasadena 15 dias antes

Os membros do Conselho de Administração da Petrobras receberam, com 15 dias de antecedência, a cópia da proposta de contrato para a compra de metade da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), da trading belga Astra Oil, segundo afirmou nesta quarta-feira, 2, o advogado do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, Edson Ribeiro.

A compra da refinaria, conforme revelou o jornal O Estado de S. Paulo, teve o voto favorável de Dilma. Ao todo, a Petrobras pagou US$ 1,2 bilhão, em duas etapas, para comprar uma refinaria que, em 2005, custou US$ 42,5 milhões à Astra Oil – quase 28 vezes menos.

Em nota ao jornal O Estado de S. Paulo, há duas semanas, a presidente Dilma disse que a decisão foi tomada com base num “resumo executivo” com “informações incompletas” e técnica e juridicamente falho.

No texto, o resumo era creditado ao “diretor internacional”, na época, Cerveró.

O diretor deixou a Petrobras em abril de 2012, sendo nomeado para a diretoria da BR Distribuidora. Após a repercussão negativa do caso, Cerveró foi exonerado da diretoria financeira da BR Distribuidora no dia 21.

O advogado do ex-diretor disse à reportagem que está confirmado para o próximo dia 16 o depoimento de Cerveró na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, em Brasília.

“Ele (Cerveró) não se conforma e está indignado de ser colocado como bode expiatório”, afirmou Ribeiro.

Na terça-feira, 1, o advogado de Cerveró esteve em Brasília e, no Congresso, entregou uma carta na qual o cliente se coloca à disposição para prestar esclarecimentos. À Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público Federal (MPF) entregou uma petição de mesmo teor, colocando-se à disposição para prestar esclarecimentos aos inquéritos em aberto.

BR

Pedido de impeachment contra Dilma deve ser arquivado

O pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff protocolado nesta terça-feira, na Câmara dos Deputados, pelo senador Mário Couto (PSDB-PA) deverá ser arquivado pelo presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), por falta de elementos que justifiquem o pedido.

Henrique Alves disse que não vê elementos para a continuidade do pedido. “A princípio não vejo nenhuma fundamentação, nem sequer seriedade (na proposta)”. Segundo Alves, há investigação em andamento sobre o assunto no Ministério Público, no Tribunal de Contas da União e na Controladoria-Geral da União. E ainda há a possibilidade de uma comissão parlamentar de inquérito mista. “Portanto, não vejo nenhum elemento que justifique esse impeachment”, disse.

O senador Mário Couto apresentou o pedido de impeachment com o argumento de que a presidente Dilma Rousseff teria cometido crime de responsabilidade na compra da refinaria de  Pasadena, no Texas (EUA), em 2007, quando ela era ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República e presidente do Conselho de Administração da Petrobras. Couto anexou ao pedido capa da revista Veja, de 26 de março de 2014, e usou matéria da revista para embasar sua solicitação.

Pedidos de impeachment podem ser apresentados contra chefes do Poder Executivo federal, estaduais e municipais por qualquer cidadão que considerar que essas autoridades cometeram crimes de responsabilidade. Os pedidos são apresentados ao presidente da Câmara dos Deputados, assembleias legislativas e câmaras municipais, respectivamente.

Nos últimos anos foram apresentados à Câmara pedidos de impeachment contra os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, todos foram arquivados pelos então presidentes da Câmara. Segundo a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara outros pedidos de impeachment já foram apresentados contra Dilma.

MENTIRA-DILMA-HUMOR

Bovespa avança na expectativa de queda de Dilma em pesquisa eleitoral

O Ibovespa, principal índice da BM&FBovespa, fechou em alta de quase 3% no pregão desta quarta-feira diante da expectativa de nova pesquisa eleitoral que será divulgada no fim de semana. Não é a primeira vez que o clima de eleições presidenciais dita o ritmo do mercado este ano. Na semana passada, a Bolsa brasileira se descolou do mau humor dos mercados externos e subiu na quinta-feira após a pesquisa CNI/Ibope mostrar que a avaliação positiva do governo Dilma caiu de 43% para 36%, e a negativa subiu de 20% para 27%.

Nesta quarta, o movimento de alta ainda é especulativo, mas também ligado a intenções de voto. No sábado, o Instituto Datafolha divulgará uma nova pesquisa e o mercado espera um novo tombo de Dilma. No domingo, será a vez do Ibope, segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para o economista-chefe da Austin Ratings, Alex Agostini, os investidores de curto prazo têm agido com otimismo a cada possibilidade de queda da popularidade ou da intenção de voto de Dilma. “É um recado efetivo que o mercado tem dado para o governo. Com a queda da Dilma, os investidores ficam mais confiantes em voltar a investir em empresas estatais”, comenta.

Um indicativo para tal justificativa é a falta de outros motivos aparentes que justifiquem a alta das ações de empresas como Petrobras e Eletrobras. Segundo o economista, num cenário normal, as investigações da petroleira sobre a compra da refinaria de Pasadena, no Texas, poderiam até pesar negativamente nas negociações dos papeis da Petrobras. Contudo, o fato de a reeleição estar um pouco mais distante do que se esperava, como mostrou a pesquisa Ibope da semana passada, significa menos ingerência na estatal — que é o que o mercado quer. No caso da Eletrobras, que está no centro da crise energética, a alta também demonstra que uma maior chance de mudança de governo poderá trazer efeitos benéficos para a empresa.

 

Aqui você fica por dentro o que acontece no Brasil e no mundo, celebridades, famoso que morreu ou faleceu na data de hoje, política, quem é o corrupto e ladrão do momento, crise econômica, qual partido que mais rouba, o próximo a ir pra cadeia, dinheiro sujo, charges e curiosidades.

    PGR PEDE A CABEÇA DE LULA E DILMA. VITóRIA DA PRESSãO - PROCESSOS CONTRA SéR ..

    Últimos processos contra moro sÃo arquivados tentaram calar o juiz da lava jato, mas não conseguiram. a ministra nancy andrighi, ... PGR PEDE A CABEÇA DE LULA E DILMA. VITóRIA DA PRESSãO - PROCESSOS CONTRA SéR .. Dilma entra de cabeça e apoia o movimento

    DILMA PASSA MAL EM DEBATE E FAZ SINAL SATÂNICO.

    DILMA PASSA MAL EM DEBATE E FAZ SINAL SATÂNICO. Dilma entra de cabeça e apoia o movimento

    MACUMBA PARA A DILMA

    Dilma cabeÇa de vento ta sendo piada atÉ com macumbeiro... desmancha a macumba ?- não vamos colocar meta. vamos deixar a meta ... MACUMBA PARA A DILMA Dilma entra de cabeça e apoia o movimento

    DILMA: MOSQUITO TAVA NO SANGUE DAS PESSOAS

    A professora dilma visita uma das melhores escolas públicas da bahia para confundir a cabeça das crianças com suas barbaridades. ao descrever como foi ... DILMA: MOSQUITO TAVA NO SANGUE DAS PESSOAS Dilma entra de cabeça e apoia o movimento

    DILMA ENTRA COM NOVO RECURSO NO STF PARA ANULAR IMPEACHMENT

    A defesa da ex-presidenta dilma rousseff entrou com mais uma medida judicial para anular a decisão do congresso e devolver imediatamente o mandato ... DILMA ENTRA COM NOVO RECURSO NO STF PARA ANULAR IMPEACHMENT Dilma entra de cabeça e apoia o movimento

    Tudo sobre Dilma entra de cabeça e apoia o movimento, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Não deixe de ver isso

joaquim_barbosa_reinaldo_azevedo-sem-credibilidade

Reinaldo Azevedo é pau mandado do PSDB, reagiu Joaquim Barbosa

E olha que não é só o ex-ministro Joaquim Barbosa que acha isso do agora desacreditado Reinaldo Azevedo, jornalista não.