Corrupção x trambiques: Lamborghini de Collor é mais cara que a de Eike Batista

Home » Atualidades » Corrupção x trambiques: Lamborghini de Collor é mais cara que a de Eike Batista

comparativo-ferrai-lamborguini_(1)-full-completo-portugues

Sempre assim, quem é envolvido com corrupção, trambiques, roubo e outras mazelas, não resistem ao glamour e a ostentação vira rotina, mas como rapadura é doce mais não é mole, a justiça quase sempre chega junto.

Não é a primeira vez que o Aventador ganha as primeiras páginas dos jornais. Um modelo parecido com o de Collor foi aprendido no início do ano. Era do empresário Eike Batista.

A aceleração de 0 a 100 km/h em 3,4s e a velocidade máxima de 325 km/h da 458 Italia impressiona menos que outro item da coleção do senador: um Lamborghini Aventador, que embaralha os sentidos de motorista e passageiro ao beliscar os 100 km/h em 2,9s. A velocidade máxima é de 350 km/h.

Mas o de Collor é ainda mais exclusivo que o do empresário. Seu Aventador LP 700-4 Roadster tem teto removível, e por isso mais caro: R$ 3,8 milhões, ante R$ 3,3 milhões da versão cupê, como o de Eike.

O mais “humilde” dos carros do ex-presidente apreendidos pela PF é um Porsche Panamera S, avaliado em R$ 719 mil quando 0km.

Não é tão veloz quanto os superesportivos italianos, mas com um motor V6 de 420 cv, leva o senador da Casa da Dinda ao Senado bem rápido. E levando duas pessoas a mais.

Aqui você fica por dentro o que acontece no Brasil e no mundo, celebridades, famoso que morreu ou faleceu na data de hoje, política, quem é o corrupto e ladrão do momento, crise econômica, qual partido que mais rouba, o próximo a ir pra cadeia, dinheiro sujo, charges e curiosidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

renan-chutado

Renan Calheiros é chutado da Presidência do Senado

É para glorificar de pé! O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu nesta segunda-feira, 5, ao pedido da.