Como comprar produtos importados pagando ou não impostos

Home » Atualidades » Negócios » Como comprar produtos importados pagando ou não impostos

Com os preços bem atrativos de sites na China e nos EUA, muitos preferem comprar produtos importados do que comprá-los aqui no Brasil. Muitos acham que é só fazer a compra e tudo é entregue com facilidade.

 

Mas não é bem assim que funciona uma compra pela internet de sites internacionais. As dicas de sites na internet e da própria Receita Federal são meio confusas e estamos aqui para te ajudar nesta compra tão delicada.

Ao escolher um site de compras, evite sites que enviem direto da China. Normalmente, estes sites agregam um monte de vendedores menores em um só, algo como o Ebay ou MercadoLivre, mas com uma segurança ao comprador beirando ao nível zero. Fora que lidar com os vendedores, que normalmente tem um inglês muito básico, é bem complicado.

 

Prefira sites grandes, como Amazon ou Ebay. Caso você não conheça as referências do site, pesquise na internet. Prefira também realizar pagamentos através do PayPal, uma vez que este intermediador de pagamentos garante uma grande segurança ao comprador do produto.

Muitos sites falam sobre limitar suas compras a US$500. Outros, dizem para só fazer compras abaixo de US$50 e declarar como presente, evitando taxas. Ambas as dicas estão erradas. Qualquer produto que você comprar e seu preço de mercado for acima de US$500 será taxado de forma diferente, sendo necessário também o pagamento de uma taxa extra para o desembaraço aduaneiro, uma vez que tal transação precisa que um documento seja feito para a entrada do produto em nosso país.

Produtos que tenham valor real abaixo de US$50 e forem declarados como presente são isentos de taxas da alfândega. Antes de irmos para os tributos e impostos, vamos falar sobre esta declaração de valores.

Todo produto que é enviado para o nosso país precisa ter seu valor declarado em um documento simples, que também discrimina o tipo de produto que está dentro do pacote ou envelope. Estão isentos de taxas todos os livros, revistas e publicações acadêmicas. Mas não adianta querer colocar no pacote um produto eletrônico qualquer e declará-lo como livro, para fugir da receita. Não que isso seja um crime que irá causar sua prisão.

 

Mas os recintos alfandegados brasileiros, ou seja, os locais que recebem as encomendas internacionais, tem um scanner que saberá da fraude. Há alguns anos atrás, a cada 100 encomendas, os fiscais da Receita retiravam 20 encomendas como amostragem. Estas eram abertas e checadas se o valor declarado e a discriminação estavam corretas, corrigindo para o valor real quando necessário. Hoje em dia, podemos afirmar que praticamente todas as encomendas passam pelo crivo da alfândega, com raríssimas exceções.

Agora, vamos supor que alguém te enviou um produto qualquer com um valor de US$49 declarado. Se ele foi enviado do endereço de uma loja, ele será taxado, independente de ter sido declarado como presente ou não. Se ele foi enviado por uma pessoa física, tem algo que deve ser levado em conta: o valor do envio.

 

A Receita Federal conta o valor do envio como parte do valor total do produto. Se o envio do produto de US$49 custou US$10, você será taxado pois o valor do produto excede os US$50 limite para importações sem taxas.

 

A única exceção aqui cabe quando o envio é feito pela modalidade EMS (Express Mail Service). Neste caso, além de ter sua encomenda avaliada de forma mais ágil, a avaliação do valor de sua encomenda não contabiliza o valor do envio. É um tipo de envio mais caro, mas mais seguro e que te garante uma taxação mais justa. A mesma forma de avaliação vale para produtos de todos os valores.

 

As taxas sobre um produto importado são: 60% de imposto da Receita Federal sobre o valor do produto + ICMS estadual. No caso de Minas Gerais, esse valor gira em torno de 18%, mas cada estado tem taxas diferentes. Estas porcentagens são calculadas em cima do valor total do produto e taxadas. Ou seja, se você importar um produto no valor se US$100 estará pagando US$78 de impostos em Minas Gerais, por exemplo.

 

Prepare-se para a taxa, pois existe um prazo limite para você pagar o valor e retirar seu produto da agência dos correios. Você pode também optar por pedir uma reavaliação do valor do produto pela alfândega, mas você tem que comprovar o valor menor pago pelos produtos através de documentos fiscais. Produtos acima de US$500 tem mais impostos cobrados e uma taxa que gira em torno de R$150,00 para que o documento DSI seja feito.

Ao efetuar o pagamento do produto, lembre-se também que se o pagamento foi feito por cartão, a cotação do dólar que será utilizada é a cotação do dólar comercial mas do dia do fechamento de sua fatura do cartão. O mesmo vale para a cotação do dólar para os impostos, que é cotado com a cotação do dia em que a taxação foi feita.

Quem tem mais pressa para a chegada de um produto opta pelos serviços courier, como Fedex. Estes serviços tem um envio mais caro, mas eles mesmo ficam responsáveis pelo desembaraço aduaneiro e te cobram o valor quando chegar a encomenda em sua residência, acelerando um pouco o processo.

Produtos comprados no exterior raramente tem garantia no Brasil, salvo algumas marcas que tem garantia mundial. Verifique isso, caso a garantia seja algo muito importante para você.

Pesquise bastante fora e dentro do Brasil antes de confirmar uma compra. Talvez, valha a pena gastar um pouco a mais aqui no Brasil e ter o produto em mãos, com garantias e um suporte técnico qualificado, do que esperar um longo prazo por um produto que pode vir com defeitos. É uma escolha delicada mas que com bastante informação, você pode decidir com toda segurança.

Comportamento do mercado, crise financeira e qual carreira seguir em 2015, a economia do Brasil levado a sério.

    DICA: ONDE COMPRAR PRODUTOS IMPORTADOS PARA O CABELO PAGANDO POUCO | LILIAN LUZ

    Aqui deixo minhas dicas de lojas e produtos: onde compro, o que comprei, quanto custou, o que gostei e o que não valeu a pena! =) inscreva-se no canal: ... DICA: ONDE COMPRAR PRODUTOS IMPORTADOS PARA O CABELO PAGANDO POUCO | LILIAN LUZ Como comprar produtos importados pagando ou não impostos

    GOSTARIA DE APRENDER COMO COMPRAR PRODUTOS IMPORTADOS! ABRINDO UM ENCOMENDA AO V ..

    Para mais dicas de importação, acesse: http://superdica.net/infoimporte - você gostaria de aprender como comprar produtos importados originais pagando bem ... GOSTARIA DE APRENDER COMO COMPRAR PRODUTOS IMPORTADOS! ABRINDO UM ENCOMENDA AO V .. Como comprar produtos importados pagando ou não impostos

    COMO COMPRAR NO ALIEXPRESS: CUIDADOS TAXA DE IMPORTAÇÃO, TEMPO DE ESPERA, ETC

    Deixe seu joinha e não esqueça de se inscrever!!! site/blog: https://www.patriciabross.com.br facebook: www.facebook.com/patriciabrossoficial instagram: ... COMO COMPRAR NO ALIEXPRESS: CUIDADOS TAXA DE IMPORTAÇÃO, TEMPO DE ESPERA, ETC Como comprar produtos importados pagando ou não impostos

    FóRMULA DA IMPORTAçãO - APRENDA COMO IMPORTAR PRODUTOS POR ATé 4 X MENOS!

    O curso fórmula da importação vai te ensinar a importar produtos por até 4 x menos. o método definitivo para importar produtos da china, eua e peru. link de ... FóRMULA DA IMPORTAçãO - APRENDA COMO IMPORTAR PRODUTOS POR ATé 4 X MENOS! Como comprar produtos importados pagando ou não impostos

    COMO COMPRAR PRODUTOS DE SITES INTERNACIONAIS UTILIZANDO BOLETO BANCARIO

    Clique aqui para criar seu cartão meo http://bit.ly/1cp6pki aprenda nessa vídeo aula como comprar em sites internacionais utilizando boleto bancário, sem ... COMO COMPRAR PRODUTOS DE SITES INTERNACIONAIS UTILIZANDO BOLETO BANCARIO Como comprar produtos importados pagando ou não impostos

    Tudo sobre Como comprar produtos importados pagando ou não impostos, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

4 Comentários

  1. O Segredo que os Lojistas não te contam!
    Importe Invicta, Hollister, Iphone, Eletrônicos tudo
    Dos EUA com até 50% a menos do valor tudo legalizado
    E Muitos Outros Produtos Para Uso ou Revenda

  2. Importar produtos importados é a opção que temos para pagar mais barato.

  3. FORA DILMA!!! FORA PT!!! “Bolsa Esmola” não melhora a vida de NINGUÉM! Só com EDUCAÇÃO e MUITO TRABALHO o país irá CRESCER!

    Os Correios são uma VERGONHA para nós brasileiros. Nossas encomendas e cartas SOMEM, FICAM PARADAS, CHEGAM QUEBRADAS ETC, enquanto CARTEIROS uniformizados são flagrados “panfletando” para a “presidenta” em todo país…

    O nosso dinheiro é enviado para CUBA, e o LULINHA, filho do Lula, fica cada vez mais rico e não dá explicação: http://www.rotanoticias.com/o-filho-do-lula-e-o-empresario-mais-bem-sucedido-da-historia/

    CHEGA DE ENROLAÇÃO, FOFOQUINHA E ROUBALHEIRA!!! O povo brasileiro NÃO é IMBECIL!!!

    Ajude a compartilhar!

  4. PRO CARALHO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Não deixe de ver isso

O que é necessário para abrir uma empresa

Abrir uma empresa é o sonho de milhares e milhares de trabalhadores em todo o mundo. Mas muitos não sabem.