Android: notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I

Home » Android » Android: notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I

android-news

Um apanhado de notícias, rumores e novidades do Android na primeira semana de abril de 2014. vamos ao resumo.

Google pode lançar Android TV – Uma nova smart TV com apps e jogos

O Google tem planos de lançar uma nova smart TV. A informação é de um relatório produzido pelo site The Verge e publicado nesse sábado (5). A Android TV teria uma interface simples e daria acesso a aplicativos e jogos.

Aparentemente, o produto será mais fácil de usar e menos ambicioso que os outros modelos já tentados pela companhia, como foi a Google TV. De acordo com os documentos da empresa americana obtidos pelo The Verge, a Android TV teria uma interface voltada ao entretenimento e não a uma plataforma de computador.

Apesar de haver poucos detalhes sobre o lançamento, os documentos sugerem que o Google esteja recrutando desenvolvedores para que criem aplicativos para a Android TV. A empresa tem pedido para que os apps sejam extremamente simples e tenha interface acessível.

De acordo com o The Verge, a Android TV teria uma interface baseada em “cards”. Neles estariam filmes, shows, aplicativos e jogos. O controle remoto serviria para deslizar a tela para as horizontais e para as verticais.

As informações foram divulgadas apenas alguns dias depois que a Amazon lançou seu serviço de streaming para TV, a Fire TV.

Aplicativo ajuda românticos de plantão com frases de amor para enviar no WhatsApp

O aplicativo “Whatsapp Amor, Paquera, Paixão”, disponível para o sistema Android, fornece mais de 3.200 mensagens românticas para compartilhar no popular Whatsapp.

As mensagens são divididas em categorias como agradecimento, amor, amor eterno, amor impossível, amor incondicional, amor verdadeiro, amor à distância, amor à primeira vista e apaixonadas.

Também existem frases para dar bom dia e boa noite, cantadas, citações famosas, tristes, de saudade e até mesmo mensagens para o término de namoro.

whats-app-senha

Alguns exemplos de frases são: “Mesmo que o ouro perca seu valor, mesmo que o sol deixe de brilhar, por toda a vida vou te amar”, “Não tem tempo que faça esquecer a quem te fez esquecer o tempo”, “Amor só existe a dois. Amor sozinho é tristeza”, “A felicidade é uma palavra de dez letras. A minha resume-se em quatro: você” e “Como posso dizer que o amor é cego se te amei por um olhar”, dentre outras.

Para compartilhar as mensagens no Whatsapp, basta seguir o tutorial:

1) Clique na aba na parte de cima do aplicativo e escolha a categoria da mensagem.

2) Clique na mensagem e selecione o ícone do Whatsapp para a compartilhar lá. As frases também podem ser enviadas via SMS, pelo Twitter ou copiadas para a área de transferência.

A tela principal do aplicativo exibe um histórico com as mensagens utilizadas. A opção “Escolha pra mim” oferece uma lista de frases aleatórias para compartilhamento.

Vazam imagens do Android TV

android-tv-theverge

Conveniente ter vazado logo após do lançamento do Fire TV.
Enfim, muito parecido com o da Amazon, a única diferença é que o Android TV deve vir tanto em aparelhos como Apple TV quanto embutido nas TVs da Sony, Samsung, LG, Panasonic e etc.

Malware para Navegadores Android Realça o Problema de Atualização do Google

Um pesquisador de segurança computacional descobriu uma maneira de assumir o controle de cerca de 70 por cento dos dispositivos Android através de uma página da Web ou de aplicativos. Não se sabe se alguém está realmente usando essas falhas para atacar telefones pessoais, mas as conclusões do pesquisador não deixam de ser um lembrete de que o Google enfrenta uma dor de cabeça crescente porque não tem como distribuir as atualizações de segurança de forma eficaz para as centenas de milhões de dispositivos que rodam seu software em todo o mundo. Muitos desses dispositivos têm versões antigas do Android.

A nova forma de explorar a falha de segurança foi criada por Joe Vennix, engenheiro de software da empresa de segurança Rapid7, que na semana passada, acrescentou uma forma de explorar essa vulnerabilidade ao software Metasploit da empresa usado para testar dispositivos e sistemas em busca de vulnerabilidades conhecidas. Seu código usa uma falha, divulgada pela primeira vez em dezembro de 2012, no navegador embutido no Android. A falha poderia ser usada para assumir o controle de um telefone depois de levar alguém a uma página na internet contendo um código malicioso, ou entregando o código através de um aplicativo, muitos dos quais mostram conteúdo como anúncios que usam recursos do navegador do Android.
Vennix descobriu que um aplicativo Baidu, por exemplo, era vulnerável quando instalado em um dispositivo usando a versão do Android lançada em dezembro de 2013. Outro pesquisador descobriu que a forma de explorar essas falhasfuncionavam no Google Glass.

Vennix estima que 70 por cento dos dispositivos Android são vulneráveis à forma de exploração, com base no que o Google diz ser a proporção de dispositivos que rodam diferentes versões do Android. E mais importante, embora o Google tenha lançado uma nova versão do Android com uma correção para esse bug em novembro de 2012, a maioria dos dispositivos que roda o software provavelmente continuará vulnerável a ataques enquanto em uso, porque eles não serão atualizados.

Google convenceu muitos fabricantes a instalar o Android em seus produtos, mas poucos são rápidos para lançar novas versões do software. Google também não tem nenhum mecanismo para enviar atualizações diretamente para os dispositivos, como os mecanismos incorporados em sistemas operacionais para desktop, como Microsoft Windows ou Mac OS.
Isso limita a capacidade do Google de enviar novos recursos e correções de segurança para dispositivos que rodam o software. A empresa teve pouco sucesso em abordar o problema até o momento. Em maio de 2011, por exemplo, o Google anunciou a formação da Android Upgrade Alliance, pelo qual operadoras de telefonia móvel enviariam atualizações aos Androids rapidamente durante os primeiros 18 meses de vida do dispositivo. Mas o projeto fracassou e não está mais ativo. Google não respondeu a um pedido de comentário.

Mais recentemente, o Google tem tentado evitar as operadoras trocando algumas funções do Android por aplicativos independentes, que podem ser atualizados pelos usuários através da loja de aplicativos da empresa. YouTube, Gmail e Google Search, por exemplo, costumavam ser incorporados ao software Android, mas agora são aplicativos separados; Google pode enviar atualizações de recursos e correções de segurança para esses aplicativos sem ter que trabalhar com qualquer outra empresa. Nas versões mais recentes do Android, o código do navegador embutido está escondido dos usuários, que usam uma versão móvel do aplicativo para desktop, Google Chrome.

No entanto, essa abordagem não cobre o bruto do software Android e ele não consegue corrigir a falha descoberta por Rapid7. Dirk Sigurdson, diretor de engenharia do produto para proteção de dispositivos móveis da Rapid7, Mobilesafe, diz que os aparelhos comprados de outras empresas que não o Google não podem ser considerados seguro. “A melhor aposta no momento é comprar o Google Nexus ou Google Play que são atualizados muito mais rapidamente com as últimas versões do Android”, diz ele.

Mais de um bilhão de dispositivos Android foram ativados desde que o programa foi lançado em outubro de 2008, de acordo com o Google. Dispositivos Android são pouco atormentado por malware, em comparação com PCs e o uso de lojas de aplicativo ajuda a limitar a propagação de códigos maliciosos. Mesmo assim, a incidência de malware está crescendo e ainda vai se tornar significativamente pior.
Depois de o sistema operacional da Microsoft Windows se tornar vítima de uma grande variedade de malware, a empresa estabeleceu um sistema em que atualizações de segurança são continuamente desenvolvidas e enviadas a PCs.

 

A Apple usa um modelo semelhante para manter os seus dispositivos móveis atualizados. Em setembro, por exemplo, apenas uma semana depois de uma falha ser descoberta, permitindo que a tela de bloqueio do iPhone fosse ignorada, a empresa lançou uma correção.

Essa abordagem pode ajudar o Android também, diz o consultor de segurança Graham Cluley, mas é pouco provável que funcione para o Google pela forma como ele distribui o Android gratuitamente e permite que fabricantes de dispositivos e operadoras de telefonia móvel modifiquem seu software. “O problema fundamental, eu acho, é que eles não controlam o hardware e o software”, diz ele. “Apesar de todos esses dispositivos estarem rodando Android, são versões diferentes alteradas com diferentes interfaces de usuário e add-ons.”

 

Uma das razões que leva as empresas a não repassar as atualizações do Google para Android hoje é a necessidade de mais trabalho para garantir que essas mudanças ainda funcionem corretamente em uma nova versão. As atualizações automáticas poderiam destruir as modificações da própria empresa, diz Cluley.

Por que usuários de Android baixam tanto antivírus?

Os aplicativos de antivírus estão entre os mais baixados entre os usuários Android. A maioria dos usuários do sistema operacional da Google baixa um app do tipo em seus gadgets, mas será que esse tipo de aplicativo é realmente importante?

Já foi confirmado que apenas 0,1% dos vírus que podem atacar os aparelhos Android estão na Google Play Store, e mesmo assim, sempre que detecta uma ameaça, a Google logo retira o app de sua loja. Ou seja, quem baixa apenas apps da loja oficial da companhia dificilmente irá instalar algum tipo de vírus em seu gadget.

Outro ponto questionável é a utilidade dos antivírus. Alguns aplicativos do ramo não fazem diferença alguma, apenas trazem uma falsa sensação de segurança para os consumidores. Um exemplo é o appVírus Shield, que figurou entre os apps mais baixados na Play Store mesmo custando US$3.99. Foi comprovado que ele era uma farsa, tanto que a Google já removeu o aplicativo de sua loja.

Essas evidências mostram que o problema do vírus no Android ésupervalorizado pelas pessoas, e baixar um malware em seu smartphone é mais difícil do que parece ser.

Tudo sobre o sistema operacional do Google, as melhores marcas, Samsung, LG, Motorola, apps e jogos para download grátis.

    ASPHALT XTREME NOVIDADES, NOTíCIAS, RESUMO DA LIVE

    Trago aqui o resumo da live do asphalt xtreme, tudo de novo e notícias resumidamente para vocês. espero que gostem. android, ios, windows... ASPHALT XTREME NOVIDADES, NOTíCIAS, RESUMO DA LIVE Android notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I

    FIFA MOBILE RESUMO DA NOTICIA, FIFA PARA ANDROID

    Noticia sobre o fifa mobile com mais detalhes: http://adf.ly/1dn0mg várias notícias em um único vídeo: fifa 17 mobile está confirmado ? muito obrigado a ... FIFA MOBILE RESUMO DA NOTICIA, FIFA PARA ANDROID Android notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I

    RESUMO DO LANçAMENTO DOS NOVOS ZENFONES | TUDOCELULAR.COM

    Leia mais: http://www.tudocelular.com/android/noticias/n59623/asus-zenfone-2-lancado-oficialmente-no-brasil.html ... RESUMO DO LANçAMENTO DOS NOVOS ZENFONES | TUDOCELULAR.COM Android notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I

    VIDEOCAST TECH: O ANDROID QUER CONQUISTAR O MUNDO NO NOSSO RESUMO DO GOOGLE I/O

    O videocast adrenaline continua em tech, afinal não dá para passar a bola para o pessoal de games justo na semana que acontece o google i/o, evento da ... VIDEOCAST TECH: O ANDROID QUER CONQUISTAR O MUNDO NO NOSSO RESUMO DO GOOGLE I/O Android notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I

    POKéMON SHUFFLE, NOVO VíDEO DE UNCHARTED 4 E MAIS - RESUMO DA SEMANA

    Notícias - pokémon shuffle será lançado para ios e android neste ano ... POKéMON SHUFFLE, NOVO VíDEO DE UNCHARTED 4 E MAIS - RESUMO DA SEMANA Android notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I

    Tudo sobre Android notícias e resumos relevantes abril 2016 – Semana I, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Não deixe de ver isso

img_3207.jpg

Explosões do Galaxy Note 7 dará um prejuízo de US$ 2,3 bilhões para Samsung

A sul-coreana Samsung reduziu em um terço sua projeção de lucro no terceiro trimestre ao descartar carro-chefe de vendas. A.