05 de setembro de 2016: Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013

Home » Notícias » 05 de setembro de 2016: Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013

Mais-médicos-fidel

Mais-médicos-fidel

Hoje. uma quinta-feira, 05 de setembro de 2013, é dia da Amazônia, Nacional do Oficial de Farmácia, nascem: o músico John, Cage, o ator Michael Keaton. Tem início a primeira “guerra do ópio”, que surgiu pelos esforços chineses para conter a corrupção física e moral do país causada por essa droga (1839), criada a província do Amazonas, com o nome de São José do Rio Negro (1850), João do Pulo conquista a medalha de ouro em salto triplo na 3ª Copa Mundial de Atletismo, realizada em Roma.

Notícias e manchetes dos principais jornais impressos do Brasil

  • O Globo

Mandatos em xeque: Cassarão de mensaleiros cabe só ao Supremo

Câmara terá de declarar perda de mandatos sem pôr em votação.

Pena do petista João Paulo Cunha é mantida em 9 anos e 4 meses em regime fechado; hoje, ministros decidirão se aceitam recurso capaz de mudar resultado do julgamento.

Ao julgar ontem os recursos do deputado petista João Paulo Cunha, que teve a pena mantida, o Supremo reafirmou que a palavra final sobre a perda de mandato dos deputados condenados no processo do mensalão é da Corte. A Mesa da Câmara terá de declarar a perda dos mandatos automaticamente, sem submetê-la a votação em plenário. O STF reduziu a pena de Breno Fischberg, sócio de corretora envolvida no esquema. Hoje, os ministros começam a decidir se aceitam os embargos infringentes, capazes de mudar o resultado do julgamento de 11 réus, entre eles o de José Dirceu. Foi negado pelo ministro Dias Toffoli o pedido do deputado-presidiário Natan Donadon para ter de volta o salário cortado pela Câmara. (Págs. 1, 3 e 4 e Merval Pereira)
Por trás da máscara: Black Blocs são presos em casa

Três maiores e dois menores foram presos acusados de vandalismo durante as manifestações no Rio. Eles responderão por formação de quadrilha armada, crime inafiançável, e incitação à violência. Um dos presos foi autuado também por pedofilia, porque em seu computador foram encontradas fotos de menores fazendo sexo. A polícia recolheu ainda facas e artefatos perfurantes usados na confecção de armas. (Págs. 1 e 12)

Colunista: Veríssimo: Entre o desejo de revolução e o crec-crec

Perda de divisas: Fuga de dólar é maior desde 98

O Brasil registrou, em agosto, uma saída de dólares acima de 5,8 bi, a maior para o mês desde 1998. Nos últimos três meses, a perda foi de US$ 10 bilhões. Ontem, na véspera do G-20, o FMI alertou para o risco sobre os mercados mundiais de câmbio da retirada de estímulos pelo BC americano. (Págs. 1 e 21, 22 e 26)

Contagem regressiva: Na 1ª votação, aval ao ataque à Síria

Nos EUA, Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou planos de ataque à Síria. Placar de 10 a 7 antecipa dificuldades no plenário, onde são exigidos 60% dos votos. (Págs. 1 e 30)

Compra de votos abre crise no PT

Três dos seis candidatos à presidência do PT disseram ontem estranhar o aumento de 322% no número de filiados aptos a votar em apenas sete dias. Um deles, Valter Pomar, diz ter recebido denúncia de que até um morto teve sua mensalidade paga em MG. A direção nega compra de votos e afirma que o aumento se deve à mobilização interna para participação nas eleições. (Págs. 1 e 7)

Renan quer ‘fatiar’ PEC do voto aberto

O presidente do Senado, Renan Calheiros, propôs votar agora na Casa apenas uma parte — a que trata de cassação de mandatos — da Proposta de Emenda Constitucional que acaba com o voto secreto em todas as votações.

Minas abastecia favelas do Rio com fuzis dos EUA

A PF de Minas e a Interpol prenderam seis homens que enviavam fuzis em contêineres de mudanças de brasileiros para o Porto de Santos. A carga era levada para Minas e, depois, Rocinha e Vidigal. (Págs. 1 e 13)

Deputada admite que cometeu crime eleitoral

A deputada estadual Janira Rocha (PSOL) admitiu, em conversa gravada, ter usado dinheiro de um sindicato em sua campanha. Disse ainda que os recursos ajudaram a estruturar o partido. (Págs. 1 e 13)

————————————————————————————

  • O Estado de S. Paulo

Manchete: STF terá palavra final sobre cassação de mandato no mensalão

Entre os condenados, há 4 deputados; pena de João Paulo Cunha é mantida

O STF confirmou ontem a determinação de cassação imediata dos mandatos dos parlamentares envolvidos no mensalão. Com isso, a Câmara terá de cassar os deputados João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP), José Genoino (PT-SP) e Pedro Henry (PP-MT). A Corte manteve a pena de 9 anos e 4 meses para João Paulo Cunha, mas, pela primeira vez no processo, reduziu uma punição, a de Breno Fischberg, de 5 anos e 10 meses para 3 anos e 6 meses, a mesma do sócio Enivaldo Quadrado. A sessão será retomada hoje com os recursos do ex-assessor do PP João Cláudio Genu e do advogado Rogério Tolentino. Encerrada essa fase, os ministros devem julgar se aceitam ou não os embargos infringentes de 12 dos 25 condenados. Terminada essa discussão, se houver tempo, o tribunal deve discutir o pedido de prisão imediata dos réus, como quer a Procuradoria-Geral da República. (Págs. 1 e Política A4)

Procuradora-geral interina

“Pedirei ao Supremo que determine a prisão imediata dos condenados a penas a serem cumpridas no regime fechado”

Saída de dólar é a maior para o mês desde 1998

O Brasil registrou em agosto o maior envio de dólares para o exterior em 2013-2014 e o pior resultado para esse mês desde 1998, último ano em que vigorou no País o sistema de câmbio fixo. Segundo o Banco Central, a saída de recursos superou a entrada de moeda estrangeira em US$ 5,85 bilhões no mês passado. O dólar comercial acumula alta de 15,2% em 2013-2014 e de 3,4% nos últimos 30 dias. (Págs. 1 e Economia B1)

US$ 3,1 bilhões
foi a saída líquida, a maioria em operações financeiras, na semana passada

Dilma cancela envio de equipe de assessores a Washington

A presidente Dilma Rousseff mandou cancelar a viagem da equipe precursora – agentes de segurança, diplomatas e cerimonial – para Washington, onde seriam iniciados os preparativos da sua visita aos EUA, em outubro. A suspensão é mais um sinal de que Dilma está revendo o convite de Barack Obama por causa da espionagem sofrida pelo governo brasileiro, apesar de não ter havido nenhuma conversa formal sobre o assunto. (Págs. 1 e Política A7)

Embaixador dos EUA sai

O embaixador dos EUA Thomas Shanon deixa cargo e volta a Washington, em meio a crise com o Brasil. (Págs. 1 e A7)

PPS desiste de contar com Serra para a eleição de 2014

O PPS desistiu de esperar por José Serra, convidado a entrar no partido e disputar a Presidência da República em 2014. A 30 dias do fim do prazo para filiação, o PPS estuda alternativas. “Esperamos o Serra até agora. Ele disse que decidiria até o final de agosto. Não decidiu. Então, vamos debater outro caminho no campo da oposição”, disse o presidente da legenda, Roberto Freire, citando Eduardo Campos, Aécio Neves e Marina Silva. (Págs. 1 e Política A6)

Polícia prende 5 black blocs

Integrantes do Black Bloc são presos no Rio. A polícia deteve 5 administradores da página do grupo em uma rede social, 2 deles menores de idade, por incitação à violência e formação de quadrilha armada. Eles teriam confessado ser criadores do conteúdo do perfil na internet. Um dos jovens tinha imagens de pornografia infantil em seu computador e também foi indiciado por pedofilia. (Págs. 1 e Metrópole A22)

Comissão do Senado aprova ataque à Síria

A Comissão de Relações Exteriores do Senado dos EUA aprovou proposta de resolução que autoriza uma ação “limitada” contra a Síria. As modificações feitas pelos senadores determinam que a ação terá o objetivo específico de retaliar o regime de Assad pelo uso de armas químicas. Deputados questionam eficácia de ação. (Págs. 1 e Internacional A10)

Tumulto em túnel do metrô deixa 20 feridos

Um tumulto no túnel entre as estações Paulista e Consolação do metrô na manhã de ontem deixou os passageiros em pânico e feriu pelo menos 20 pessoas. O problema teria começado após pane em esteira rolante, disse a empresa que administra a linha.

Mais Médicos excluirá os que ‘sumiram’ (Págs. 1 e Metrópole A20)

Haddad quer empresa pública de ônibus (Págs. 1 e Metrópole A18)

Eugênio Bucci

Imoralistas dão adeus às ruas

Agindo nas sombras, com a identidade oculta, os votantes pró-Donadon comportaram-se como os manifestantes violentos que escondem o rosto. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Dora Kramer: Prova material

Eduardo Saboia pede ao Itamaraty que libere mensagens trocadas sobre o senador boliviano no período em que se refugiou na missão em La Paz. (Págs. 1 e Política A6)

Notas & Informações

A Câmara prefere o pior

Quanto mais tempo sobreviver o voto fechado, maiores são as chances de salvar os mensaleiros. (Págs. 1 e A3)

———————————————————————————–

  • Correio Braziliense

Manchete: O Nobel da Paz briga pela guerra

Em visita à Suécia, diante de uma pergunta embaraçosa — como um Nobel da Paz, ao arrepio da ONU, justificaria uma ação militar contra a Síria? —, o presidente Barack Obama afirmou que insistiu na democracia. “Mas o regime de Assad violou regras da humanidade.” Os EUA dizem ter provas de que o exército sírio usou armas químicas em ataque no qual matou 1.429 pessoas, incluindo 426 crianças, em subúrbio dominado pela oposição em Damasco. A comunidade internacional, afirmou Obama, não pode ficar calada diante dessa barbárie. Ontem, ele conseguiu o sinal verde da Comissão de Relações Exteriores do Senado para ir à guerra. Porém em votação apertada: 10 votos a 7. E com limitações: a ofensiva não deve durar mais de 90 dias nem pode haver operações por terra. Agora, a resolução precisa ser aprovada por senadores e também por deputados, em plenário. (Págs. 1 e 22)

Supremo embarga mandato salame

Ao apreciar recurso, o STF reafirmou a decisão de que os parlamentares condenados no processo do mensalão perderão o cargo. Com isso, fica afastado o risco de a Câmara ter congressistas com mandato salame: fatiado entre a cadeia e a Câmara. Ontem, o Supremo rejeitou pedido para que, mesmo preso, Natan Donadon continue a receber salário. (Págs. 1, 5 e 6)

Voto aberto corre risco de virar pizza

No Senado, líderes partidários decidem fatiar proposta da Câmara que acaba com o sigilo em todas as votações. Eles vão aprovar apenas a parte que torna públicos os processos de perda de mandato. (Págs. 1, 2 a 4 e Visão do Correio, 20)

Mais Médicos: Suspeito de mutilações vai recorrer 

Excluído do programa, Carlos Cury deixou Águas Lindas (GO) e tentará exercer a profissão em Rondônia, onde mora.(Págs. 1 e 8)

Casa no Lago: Agaciel pode até se tornar um ficha suja

O distrital do PTC terá que recuperar os danos ambientais causados por sua mansão, sob risco de ser condenado e ficar inelegível. (Págs. 1 e 35)

Justiça limita a taxa por desistência de imóveis

Bancos comandam saída recorde de dólares do país (Págs. 1 e 34)

————————————————————————————

  • Valor Econômico

Manchete: MP vai reduzir até 3% dos custos das importações

O Ministério da Fazenda deu sinal verde para que as empresas calculem o PIS/Cofins devido sobre produtos importados sem incluir o valor do ICMS na base de cálculo das contribuições federais. A mudança na regra foi incluída a pedido da equipe econômica no relatório da MP 615 – aprovado na terça-feira por comissão especial da Câmara dos Deputados – e garante uma redução de custo de 2% a 3% para as empresas importadoras.

Na prática, a medida antecipa a implementação da decisão do Supremo Tribunal Federal que, no início do ano, considerou a cobrança inconstitucional. De acordo com o STF, o PIS/Cofins sobre importados deve ser calculado apenas com base no valor aduaneiro da mercadoria. (Págs. 1 e A10)

Guerra de palavras

O presidente russo, Vladimir Putin, no Kremlin, após acusar os EUA de mentir sobre a Síria e dizer que “não exclui” apoio a ataque se houver provas. Putin e Obama se encontram hoje. (Págs. 1 e A16)

G-20 prevê menos austeridade

Os líderes do G-20 vão adotar um “Plano de Ação de São Petersburgo”, com flexibilidade fiscal e compromissos de política monetária e cambial, além de redefinir uma agenda de reformas estruturais “mais concretas e ambiciosas”, conforme versão preliminar do documento à qual o Valor teve acesso.

O anúncio virá no rastro de constatação dos líderes de que a recuperação econômica “continua muito fraca e os riscos, inclinando-se para o lado negativo”. A avaliação é que a demanda privada melhorou nos EUA, surgem sinais de recuperação na zona do euro, o crescimento nos emergentes continua, mas em ritmo mais lento, no entanto, as perspectivas de crescimento para 2013-2014 têm sido baixas, as disparidades de expansão regional ainda são grandes e o desemprego, sobretudo entre os jovens, permanece “inaceitavelmente” elevado. (Págs. 1 e A16)

Bancos pagam dívidas de 2011 e pressionam fluxo cambial

Uma firme movimentação de bancos brasileiros em meados de 2011 explica o resultado financeiro fortemente negativo do mercado cambial em agosto. No mês passado, segundo o Banco Central (BC), o fluxo cambial teve saldo negativo de US$ 5,85 bilhões, sendo US$ 1,86 bilhão na conta comercial e US$ 3,99 bilhões na financeira. Pesadas remessas ao exterior foram feitas agora para liquidação daqueles compromissos assumidos pelo sistema bancário há dois anos.

Em meados de 2011, em reação a uma das medidas macroprudenciais adotadas pelo BC para forçar a redução da oferta de crédito e desaquecer a economia, bancos tomaram empréstimos de suas subsidiárias ou de outras instituições no exterior para ter condições de diminuir suas posições vendidas e adequá-las aos novos limites estabelecidos pela autoridade monetária. Esses empréstimos, que agora estão sendo amortizados e sobretudo liquidados, foram tomados por períodos de dois anos ou mais. Optou-se por esse prazo porque empréstimos com prazos inferiores a dois anos eram fortemente tributados com o IOF. (Págs. 1 e C2)

Indústrias e varejo vão para queda de braço por reajustes

Será especialmente atribulada a fase de negociações, que se inicia nas próximas semanas, entre o varejo e a indústria de bens de consumo para definição do volume de encomendas de fim de ano – período que chega a ser responsável por um terço das vendas anuais do comércio. A valorização do dólar e o movimento fraco no varejo serão dois elementos a mais na mesa de conversações.

Se, para a indústria, o dólar torna inevitável um movimento de repasse dos custos, para as maiores varejistas do país o consumo, que impediu quedas de estoques nas lojas, proíbe movimentos de reajustes das tabelas dos bens duráveis. Segundo Marcelo Silva, diretor-superintendente do Magazine Luiza, “a indústria sabe que o momento é de cautela, então não veio nenhum reajuste mais pesado até agora. Está tudo parado ainda”. (Págs. 1 e B3 e B1)

Blairo assume Denofa, empresa norueguesa

O Grupo André Maggi, da família do senador Blairo Maggi (PR-MT), tornou-se o único dono da empresa norueguesa Denofa, que já estava sob seu controle desde 2009. O valor do negócio não foi revelado. Com foco no mercado de soja não transgênica, a Denofa faturou US$ 260 milhões em 2011.

Em 2009, o grupo comprou as ações da Denofa que pertenciam à Agrenco por cerca de R$ 18 milhões e se tornou acionista majoritário. (Págs. 1 e B16)

Caem vendas do ‘carro do papa Francisco’

Estrela coadjuvante da passagem do papa Francisco pelo Brasil, há um mês, o Idea, o carro da Fiat usado pelo pontífice em sua chegada ao Rio, brilhou por muitos minutos de exposição na mídia mundial, ainda mais que a comitiva papal enfrentou congestionamentos no trajeto.

A divulgação dessas imagens teve, no entanto, pouco ou nenhum efeito sobre as vendas do Idea. Dados divulgados pela Fenabrave mostram que as vendas do “carro do Papa” caíram em agosto para o nível mais baixo em seis meses.

Voto aberto mais restrito

A extinção completa do voto secreto no Legislativo, conforme aprovada na Câmara, enfrenta resistências no Senado, que deverá aprovar a mudança somente para os casos de cassação de parlamentares. (Págs. 1 e A11)

Advance compra a Imunotech

A Advance Medicai, importadora e distribuidora de equipamentos médicos controlada por fundos americanos de “venture capital”, adquiriu a concorrente Imunotech Sistemas Diagnósticos. (Págs. 1 e B3)

Holandeses assumem a Makeni

O grupo holandês IMCD assumiu o controle, com cerca de 70% de participação, da brasileira Makeni, uma das maiores distribuidoras de produtos químicos do país. A operação marca a estreia da companhia europeia no mercado latino-americano.

Expansão do TCP

Terceiro maior terminal de contêineres do país, o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) finaliza investimento de R$ 365 milhões em expansão e se prepara para crescer fora do porto. (Págs. 1 e B11)

Custo de produção da cana

Estudo do Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura de São Paulo, mostra que a diferença no custo de produção dos fornecedores de cana das principais regiões canavieiras do Estado pode variar até 105%, de RS 36,22 a R$ 74 por tonelada, diz Katia Nachiluk.

Exposição a bancos liquidados

Fundos de pensão de estatais que investiram em títulos de três bancos que tiveram sua liquidação decretada pelo Banco Central nos últimos dois anos — Cruzeiro do Sul, BVA e Rural — tinham R$ 1,8 bilhão nessas instituições.

Bancos mudam pacotes de tarifas

Um dos serviços campeões de reclamação no ranking do Banco Central, os pacotes de tarifas começam a ganhar formatos mais simplificados dentro dos grandes bancos.

Otimismo injustificado

Mais de cinco anos depois de a OGX estrear na bolsa, a história mostra que as projeções traçadas por analistas ligados às principais corretoras e bancos de investimentos naufragaram junto com os papéis da companhia. (Págs. 1 e Dl)

Encargo de ACC entra na ‘concordata’

Após o Superior Tribunal de Justiça confirmar que o Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC) não integra a recuperação judicial, decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo incluem no concurso de credores os encargos decorrentes desses contratos. (Págs. 1 e El)

Assédio moral no serviço público

Em decisão inédita, o Superior Tribunal de Justiça condenou um ex-prefeito gaúcho por assédio moral contra um servidor durante seu governo. Para os ministros, a prática se enquadra como improbidade administrativa. (Págs. 1 e El)

Ideias: Ribamar Oliveira

Nova distribuição do Fundo de Participação dos Estados levaria mais de 400 anos para ser implementada. (Págs. 1 e A2)

João Saboia:
Está na hora de ouvirmos mais os empresários, que são aqueles que dão o ritmo de crescimento da economia. (Págs. 1 e A15)

————————————————————————————

  • Estado de Minas

Manchete: Menos médicos

Em Minas, um terço dos profissionais do programa federal desistiu ou não compareceu.

Quarenta e dois municípios mineiros deveriam ter recebido na segunda-feira 72 bolsistas brasileiros do programa Mais Médicos. No entanto, levantamento feito pelo Estado de Minas em 31 prefeituras constatou que pelo menos 11 médicos informaram ter desistido, 10 não se apresentaram nas cidades para as quais foram designados e um não deve assumir as funções. As 22 baixas representam 30,5% do total no estado.

Várias prefeituras relataram que nem sequer tiveram explicação para o não comparecimento dos profissionais. O caso mais emblemático é o de Caratinga, na Zona da Mata, onde nenhum dos cinco bolsistas destinados ao município apareceu e só dois se justificaram. Em todo o país, o Ministério da Saúde cadastrou 1.096 médicos do Brasil para 519 cidades, mas não soube informar quantos desistiram ou não foram trabalhar. (Págs. 1, 17 e 18)

Rota internacional: Bando de MG traficava fuzis em colchões

Quadrilha presa em Governador Valadares e nos Estados Unidos transportava armamento pesado e munição em contêineres de mudanças de famílias brasileiras que moravam no país e voltavam para o Brasil. Fuzis eram vendidos para traficantes na Região Sudeste. (Págs. 1 e 20)

Congresso: Senado só aceita voto aberto parcial

Direção do Senado prepara manobra para fatiar a proposta de emenda constitucional (PEC), aprovando o voto aberto apenas para cassação de mandato e não em todas as decisões, como passou na Câmara. Assim, essa parte da PEC já iria para promulgação enquanto o restante continuaria tramitando. (Págs. 1, 3 e 6)

Mensalão: Supremo cassará mandato de políticos condenados

Ministros do STF confirmam que parlamentares julgados no processo perderão o mandato. Caberá à Câmara somente declarar a cassação. (Págs. 1 e 10)

Cara limpa: Câmara de BH quer proibir mascarados

Projeto de lei aprovado em primeiro turno por vereadores impede o uso de capacetes ou de “qualquer tipo de cobertura que oculte a face” em eventos abertos e em prédios públicos ou comerciais. (Págs. 1 e 11)

Receita mineira para engordar o dragão

Parceiros na culinária de Minas, o frango e o quiabo tiveram aumento de preços em três meses acima da inflação. Na Grande BH, o custo de vida subiu 0,95%, mas o quilo da carne acumula alta de 12,76% e o da hortaliça, de 52%.

————————————————————————————

  • Jornal do Commercio

Manchete: Planos de saúde multados por negar atendimento

Justiça em Pernambuco condena SulAmérica a pagar R$ 63 mil a família de garoto autista que teve tratamento negado pela seguradora. Já a Camed foi punida em R$ 8 mil por se recusar a tratar jovem com doença pré-existente. (Págs. 1 e Economia 1 e 2)

Uchoa retira ação que censurava imprensa

Decisão judicial impedia citar o deputado Guilherme Uchoa em suposto caso de adoção ilegal. Ele culpou advogado pelo processo. (Págs. 1 e 4)

Chuva deixa mil desalojados em João Pessoa

Brasil admite dar asilo a médico cubano

Obama ganha apoio para atacar a Síria (Págs. 1 e 9)

————————————————————————————

  • Zero Hora

Manchete: Na estreia, médicos encaram os nós da saúde pública no RS

Zero Hora acompanhou profissionais do Mais Médicos na Capital e no Interior. Em meio à estrutura precária nos postos,pacientes se dividem entre os que aplaudem a medida e os ainda céticos. (Págs. 1, 4, 5 e 47 – Paulo Sant’Ana)

Mensalão: STF decidirá sobre perda de mandatos

Ministros retomam poder de definir o futuro político de parlamentares que forem condenados. (Págs. 1 e 12)

Alagados: Moradores fazem ronda contra saques

Ruas inundadas por enchente em Alvorada,na Grande Porto Alegre,são patrulhadas com botes infláveis. (Págs. 1 e 34)

Senador boliviano: “Tranquilo”, Roger quer ficar no Brasil

Pivô da crise na diplomacia brasileira, político espera se reunir com a família. (Págs. 1 e 26)

————————————————————————————

  • Brasil Econômico

Manchete: Agricultura do N e NE reflete desigualdade regional do país

O acelerado processo de renovação de máquinas agrícolas não tem chegado a boa parte do Norte e Nordeste, onde os pequenos agricultores encontram mais dificuldades para ter acesso ao crédito. Esses produtores acabam comprando equipamentos usados, transferidos do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, o que tem efeito direto sobre a produtividade, mais baixa naquelas regiões. (Págs. 1, 4 e 5)

Obama: todos contra a Síria

Em escala na Suécia a caminho de Moscou para a reunião do G20, o presidente americano disse que o mundo tem que agir contra o regime de Bashar al-Assad pela credibilidade do combate a armas químicas. (Págs. 1 e 28)

Dívidas provocaram déficit cambial recorde em agosto

O saldo negativo foi de US$ 5,85 bilhões. Segundo o BC, parte refere-se ao pagamento de empréstimos contraídos por bancos e empresas em 2011. (Págs. 1, 22 e 23)

Sem farra do crédito no fim do ano

Analistas dizem que alto grau de endividamento vai frear consumo das famílias. (Págs. 1, 20 e 21)

Comércio exterior: Estudo da Firjan mostra que empresários consideram burocracia principal entrave (Págs. 1, 10 e 11)

Vale-cultura: Portaria com regras deve ser divulgada amanhã (Págs. 1 e 3)

Consumo: A dificuldade de punir maus prestadores de serviço no Brasil

  • Multinível – Piramide financeira

Ministro arquiva ação que pedia desbloqueio de bens da Telexfree

Edital de Ação Civil Pública contra a Telexfree é aberto no Acre

BBom e TelexFREE estão interligadas, acusa MP

O que acontece no Brasil e no mundo, notícias atualizadas e dinâmicas, atualização toda hora, manchetes dos maiores e melhores jornais brasileiros.

    CALL DE FECHAMENTO - 05 DE SETEMBRO DE 2016.

    Call de fechamento - 05 de setembro de 2016. CALL DE FECHAMENTO - 05 DE SETEMBRO DE 2016. 05 de setembro de 2016 Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013

    BOM DIA MERCADO - 05 DE SETEMBRO DE 2016

    BOM DIA MERCADO - 05 DE SETEMBRO DE 2016 05 de setembro de 2016 Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013

    5 DE SETEMBRO DE 2016

    Confira este musical.ly: inspirado por @lizzza. 5 DE SETEMBRO DE 2016 05 de setembro de 2016 Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013

    SESSãO 05 DE SETEMBRO DE 2016

    SESSãO 05 DE SETEMBRO DE 2016 05 de setembro de 2016 Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013

    TV MACEIó IMóVEIS NA TV 05 DE SETEMBRO DE 2016

    TV MACEIó IMóVEIS NA TV 05 DE SETEMBRO DE 2016 05 de setembro de 2016 Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013

    Tudo sobre 05 de setembro de 2016 Manchetes e notícias desta quinta – 05/09/2013, vídeo, áudio, fotos, senha, como desbloquear, preço, agenda, qual melhor ponto, pelada, transmissão ao vivo e promoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Não deixe de ver isso

googloe-adsense-verbas

Sites sensacionalistas e de notícias falsas na mira do Google e Facebook, verbas cortadas

O Google e o Facebook adotaram medidas para cortar a receita de publicidade de sites com informações falsas, após uma.